Primeira semana de campanha eleitoral movimenta Niterói

As ruas e a internet ficaram repletas de propostas de gestão pública municipal nesta primeira semana de campanha eleitoral em Niterói. Os candidatos a prefeito não só ouviram a população pessoalmente e por suas redes sociais como procuraram lideranças de setores diversos oferecer soluções às suas reivindicações coletivas caso sejam eleitos.

Deuler da Rocha (PSL) contou ter elaborado 16 projetos a partir de sugestões diretas dos cidadãos com os quais interagiu. Nesta sexta-feira (02), ele – que é delegado licenciado para disputar esta eleição – participou de um café da manhã com policiais federais em Icaraí, reunindo-se em seguida com candidatos a vereador e apoiadores em Santa Rosa. Na sequência, almoçou com empresários da cidade e interagiu com pedestres e comerciantes do entorno do Jardim São João e próximo do Terminal Rodoviário João Goulart, ambos no Centro. Neste último, prometeu revitalizar o bairro, o qual considera abandonado.

“Quem olha o Centro pensa que ele só existe da Avenida Amaral Peixoto até o Plaza Shopping. A rodoviária e as ruas São João, São Pedro e Visconde de Sepetiba, entre outras próximas, só se vê uma região feia, sem o cuidado do poder público. E há muitas residências nesta região, além do comércio”, enfatizou Deuler. No final da tarde, esteve em estúdio para acompanhar a gravação de seu jingle de campanha.

Após circular pela cidade e panfletar em Icaraí durante a semana, onde ouviu sugestões de governo de lojistas e moradores, Felipe Peixoto (PSD) visitou ontem (02) a Associação Fluminense de Reabilitação (AFR), em Icaraí, acompanhado de seu vice, o vereador Bruno Lessa (DEM). Eles conversaram com Telmo Hoelz, superintendente-geral da entidade, para conhecer de perto os problemas e as necessidades do local. Hoelz explicou que, assim como outras instituições filantrópicas do país, a AFR vem sofrendo com a baixa remuneração praticada pelas operadoras de saúde, além da falta de atualização dos valores repassados pelo SUS para custeio dos tratamentos.

“No nosso governo, todas as instituições filantrópicas terão apoio e o terceiro setor, em especial, será representativo. Vamos lançar um edital para investir na ampliação e no fortalecimento de parcerias com organizações da sociedade civil, filantrópicas e sem fins lucrativos que desenvolvam ações voltadas às pessoas com deficiência, para a elaboração de políticas públicas de reabilitação, educação, saúde, assistência social e trabalho, entre outras”, prometeu.

Felipe Peixoto (à direita) e o vice Bruno Lessa (à esquerda), com Telmo Hoelz ao centro

O prefeitável Axel Grael (PDT) percorreu ao longo da semana o Centro e o Fonseca, onde conversou com comerciantes e moradores de comunidades. Acompanhado sempre do prefeito Rodrigo Neves (PDT), o engenheiro ambiental reforçou os feitos da atual gestão municipal, como a ampliação da Avenida Marquês do Paraná, a criação do Bicicletário Arariboia, a reabertura do Hospital Infantil Getúlio Vargas Filho e a inauguração de 25 novas escolas públicas. Ele se comprometeu a manter ou mesmo ampliar as realizações de seu antecessor.

“O trabalho desenvolvido nos últimos anos nos dá a credencial para caminhar pela cidade conversando com as pessoas, falando sobre os resultados do que fizemos até aqui e sobre o nosso projeto para continuidade da gestão do prefeito Rodrigo Neves. Icaraí é uma região com grande concentração de comércios, e foi muito beneficiada pela chegada do Niterói Presente. Com o direito de ir e vir garantido, os moradores consomem mais e fazem a economia girar”, pontuou. Na sexta-feira à noite, o candidato participou de uma reunião com professores do Programa Aprendiz – Música na Escola e anunciou que vai levar, caso eleito, o programa para todas as escolas municipais.

Axel Grael

Flávio Serafini (PSOL) esteve em escolas, unidades de saúde e bairros de periferia para se atualizar sobre suas carências. Ontem esteve em Camboinhas, junto com o vereador Paulo Eduardo Gomes, em reunião com quiosqueiros da região. Na pauta, a reivindicação pela regulamentação da atividade, embora já estejam incluídos no Plano Diretor de Niterói. Em 2018, o deputado estadual acompanhou junto à Defensoria Pública uma ação para evitar a remoção de quiosqueiros em Charitas. Após a conversa, o prefeitável firmou um termo de compromisso para a regularização do quiosques e a garantia de protocolos seguros e transparentes de funcionamento.

Uma das reclamações da categoria durante a conversa foi a falta de documentação junto à Prefeitura que teria dificultado o acesso de uma parte deles aos programas municipais de auxílio financeiro às pequenas empresas. “Eleito, buscarei a regularização de todos os quiosques e manterei protocolos seguros e isonômicos para todos os setores. É discriminatório negar alvará para quem cumpre os requisitos. Vimos lojas abrindo e artesãos impedidos de trabalhar, bares funcionando e quiosques não. Tem que ter segurança sanitária sim, mas também a equidade nessas definições”, posicionou-se.

Flávio Serafini

Fechando a semana de uma agenda cheia, que incluiu a divulgação de propostas para melhorias do saneamento básico e também para a área da saúde usando mais dos royalties de petróleo, Juliana Benício (partido Novo) conversou na sexta com moradores, empreendedores e ambulantes tradicionais da praia de Itacoatiara, acompanhada de seu candidato a vice na chapa, Willie Silva. “A licença ampliada para os vendedores autônomos, feita de forma transparente para garantir o ordenamento urbano para quem trabalha, compra e vive na cidade, é fundamental para o estímulo da economia local”, disse.

Na caminhada, a engenheira de produção lembrou que morou muitos anos na Região Oceânica e que conhece bem aquele bairro e também Itaipu, Piratinga e Camboinhas. “Aprecio esse bairrismo apaixonado dos moradores da Região Oceânica. Aqui em Itacoatiara, esse espírito sempre foi muito presente. São cerca de 400 residências e apenas 1.200 habitantes, segundo o Censo de 2010, mas com forte representatividade junto ao poder público”, destacou.

Juliana Benício

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × um =