PRF persegue e troca de tiros com ladrões de carga na BR-101

Augusto Aguiar –

O ataque de uma quadrilha especializada em roubos de carga, na manhã desta quarta-feira (12), mobilizou a Polícia Rodoviária Federal (PRF), dando início a uma perseguição e confronto que percorreu dois municípios, começando em Itaboraí e terminando em São Gonçalo. Até o início da tarde, o saldo da ação foi de dois vigilantes e um motorista (que eram mantidos reféns) libertados, além de armas, um carro recuperado, ferramentas, toucas ninja e dois celulares apreendidos. A caçada aos criminosos continuou durante a tarde, assim como as buscas para recuperar a carga roubada.

De acordo com a PRF, depois de roubarem um Hyundai IX35, bandidos armados com fuzis atacaram, em Itambi, um caminhão carregado de celulares na manhã de ontem. Na ação, o motorista do caminhão e dois vigilantes (cujas identificações foram preservadas) foram mantidos como reféns. Os criminosos, que seriam oriundos de uma quadrilha do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, se subdividiram e, enquanto parte do bando manteve dois seguranças de uma empresa de vigilância como reféns, outro grupo transferiu a carga de aparelhos celulares para uma van.

Agentes da PRF foram informados sobre o ataque e interceptaram parte da quadrilha ainda em Itaboraí, dando início a uma perseguição e intensa troca de tiros, que só terminou no bairro Jardim Catarina, em São Gonçalo, quando os criminosos derraparam e colidiram contra um veículo de reparos na rede de telefonia. A troca de tiros continuou e os criminosos conseguiram fugir, mas os vigilantes que eram mantidos como reféns (no porta-malas do veículo) foram libertados. No local, a PRF apreendeu ferramentas (como pés de cabra), dois revólveres, uma pasta, carregador para fuzil, toucas ninja, dois aparelhos celulares, um bloqueador para sinal de GPS e munições. A PRF informou que os bandidos foram surpreendidos com uma blitz e tentaram furar o cerco. Agentes rodoviários reforçavam a fiscalização nas proximidades do pedágio do quilômetro 300, em Itaboraí, Os agentes ainda revelaram que durante o confronto os bandidos ainda teriam arremessado granadas contra a PRF, que não foram detonadas.

No fim da manhã de ontem, de acordo com informes de uma empresa de rastreamento, a carga que havia sido transferida do caminhão atacado para uma van foi parcialmente detectada na Favela Nova Holanda (no Complexo da Maré), na Zona Norte do Rio, e também no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O caminhão foi recuperado na Estrada João Batista Cáffaro, em Visconde de Itaboraí. O motorista do caminhão também foi encontrado e, assim como os dois vigilantes, não ficou ferido na ação.
Um condutor que passava pela BR-101 no momento do confronto entre os agentes da PRF e os criminosos foi atingido por estilhaços. O mesmo foi socorrido e encaminhado para o Hospital Municipal Desembargador Leal Junior, em Itaboraí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *