PRF apreende cerca de R$ 40 mil em maconha na Ponte

Pedro Conforte

Mais de 30 quilos de maconha foram apreendidos no início da manhã de sexta-feira (16) Ponte Rio-Niterói. O suspeito, ao perceber que havia uma operação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na praça do pedágio, tentou se desfazer da droga na altura da Ilha do Mocanguê, mas não contava que seria flagrado pelas câmeras que monitoram a via. Um segundo homem foi preso, suspeito de escoltar o carregamento de maconha. Minutos antes, três pessoas já haviam sido detidas ao tentar passar pela operação com um veículo roubado.

A PRF iniciou ontem a quinta edição da Operação Rodovida e montou uma forte esquema na Praça do Pedágio. A ação, simultânea em todos os estados brasileiros, é voltada para a prevenção e redução de acidentes de trânsito nas rodovias federais durante os feriados de fim de ano, férias escolares e Carnaval, – períodos característicos pelo aumento do fluxo de veículos e de passageiros nas estradas brasileiras. Porém, nesta sexta os policiais impediram que uma grande quantidade de drogas atravessasse a Ponte.

Drogas na ponte

As câmeras da Ecoponte – concessionária que administra a via – flagraram Marcos Vinicius Nogueira, de 24 anos, se desfazendo de uma caixa de papelão ainda na Ponte. Com a informação, agentes que estavam na Praça do Pedágio abordaram o suspeito. Ao confirmar que era maconha, Marcos foi autuado em flagrante. Apesar das imagens, Marcos negou ser o dono dos 32 tabletes de maconha, avaliados em quase R$ 40 mil. Um segundo suspeito, Ronaldo Silva, também foi preso. Os policiais desconfiaram dele, uma vez que Ronaldo parou de moto próximo a droga descartada e ficou perto da caixa até ser enquadrado pelos policiais.

Minutos antes, três suspeitos – dois homens e uma mulher – foram presos por estarem conduzindo um carro roubado. Todos foram enquadrados por receptação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + oito =