‘Pretos e gonçalenses’: Jovens acusam casal de racismo em Itacoatiara

A manhã de sábado deveria ter sido de diversão e relaxamento para dois jovens, moradores da cidade de São Gonçalo, que foram passar as primeiras horas do final de semana na Praia de Itacoatiara, Região Oceânica de Niterói. No entanto, o passeio terminou em discussão, violência e possível caso de racismo, que teria sido praticado por um casal morador da região. “Estou cansado de gente da raça de vocês”, teria dito um dos agressores.

Segundo informações da Polícia Civil, por volta das 9h, os dois amigos foram até o posto Guarda Vidas da praia de Itacoatiara para denunciar a prática. Os autores, um casal, foram identificados por pessoas que trabalham na região como moradores da Rua das Orquídeas, também em Itacoatiara. De acordo com o relato das vítimas, eles estavam na praia, ouvindo música, quando os agressores chegaram fazendo ofensas de cunho racista. De acordo com os amigos, o casal proferiu as seguintes palavras:

“Estamos cansados de gente igual vocês aqui, Vocês são pobres, f*, uns m*. Estou cansado de gente da raça de vocês aqui na praia. Pretos e gonçalenses. Vocês não são bem vindos nessa praia. Todos os gonçalenses deveriam ser expulsos da praia e vamos fazer o possível para isso. Quando voltar aqui, não quero ver vocês aqui. Ligo e tiro vocês daqui agora”. O relato consta no boletim de ocorrência ao qual a reportagem de A TRIBUNA obteve acesso.

Guardas municipais ajudaram vítimas a registrar ocorrência – Foto: Enviada pelo leitor A TRIBUNA

Ainda segundo o documento, a mulher que teria feito as ofensas, jogou o celular de uma das vítimas em uma lixeira. O aparelho teria se quebrado. Um dos rapazes agredidos foi em direção à rua para cobrar o prejuízo causado pela ação, quando o homem que acompanhava a mulher o teria agredido fisicamente. Nesse momento, houve uma aglomeração e o casal conseguiu fugir. Segundo a Polícia Civil, uma equipe da Guarda Municipal foi acionada.

O relato exposto no boletim de ocorrência aponta que, de acordo com populares, existe um grupo de moradores da região, identificado como “playboys”, que estaria praticando ações violentas contra frequentadores vindos da cidade de São Gonçalo, no sentido de afastá-los. As ações dos agressores foram registradas em vídeos por testemunhas e deverão ser anexadas ao inquérito aberto para investigar o caso. O casal já foi identificado e intimado. Eles poderão responder criminalmente pela ação. A 81ª DP (Itaipu) investiga o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × três =