Presidente do Supremo Tribunal Federal segue internado em Brasília

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, foi internado no domingo (9), em um hospital particular (DFStar) de Brasília com um quadro de pneumonite alérgica.

Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa do STF, o ministro testou negativo para covid-19 e despachará normalmente durante a internação. A pneumonite por hipersensibilidade é um tipo de inflamação dentro e ao redor dos pequenos sacos de ar (alvéolos) e das menores vias aéreas (bronquíolos) dos pulmões provocada por uma reação de hipersensibilidade à inalação de poeiras orgânicas ou, menos frequentemente, de substâncias químicas. Essa hipersensibilidade dos pulmões provoca tosse, febre, calafrios e falta de ar algumas horas após o contato com a substância.

Ainda segundo o Supremo, o ministro não ficará de licença médica e continuará despachando normalmente. Em maio, Toffoli foi submetido a um pequeno procedimento cirúrgico de urgência após ser internado com quadro respiratório agudo devido a uma pneumonia. O ministro testou negativo para o novo coronavírus em todas as ocasiões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − 2 =