Presidente do PSC de Niterói comenta o êxito de Wilson no 2º turno

Após o êxito no 2º turno do governador eleito Wilson Witzel, o presidente do PSC de Niterói, Carlos Emir Larangeira, esteve na redação de A TRIBUNA e comentou sobre a expressiva votação para o governo na cidade, a eleição de deputados da sigla, os planos para o estado avançar e também o futuro do partido a nível municipal.

O presidente da legenda niteroiense destacou o agradecimento “à população eleitora em Niterói que, com 129.782 votos em Witzel, mostrou que a participação da comunidade está sendo essencial para mudar a situação do país”. Conforme Emir, o PSC está muito satisfeito com os resultados. “Apesar do nosso concorrente ter ficado com cinco mil votos à frente em Niterói, lutamos contra a máquina e contra o vice da outra chapa, que era da cidade. Desconstruímos os ataques das fakes news que foram feitos nas redes sociais e nos últimos dias verificamos que a população teve um despertar de patriotismo, e a prova disso é que 49,01% dos eleitores se manifestaram a favor do nosso candidato em Niterói”, disse Emir.

Segundo ele, é muito bom trabalhar com a ética num partido que representa a mudança. “A nossa atuação é simples e honesta, não temos recursos, contamos somente com a ajuda das pessoas. Agora, temos o compromisso de mostrar às pessoas que o PSC aqui de Niterói será o canal direto da cidade com o governador. Seremos o olho autocrítico do governo e vamos mostrar o que o nosso candidato eleito fará pela nossa população”, realçou.

Ainda sobre a satisfação com o resultado, Emir disse que agradecimentos ao vereador Casota são necessários nessa ocasião. “Esteve conosco no primeiro e segundo turno lutando e para um novo panorama do povo no que se refere ao Estado. Temos certeza de que Witzel é o caminho para que o Rio de Janeiro volte a crescer”, destacou ele, ao agradecer também o apoio do vereador Bruno Lessa no segundo turno e da confiança dos empresários Dr. Nazar e Alexandre Ceotto, que foram candidatos pela primeira vez e tiveram bons resultados.

“Importante ressaltar a confiança do pastor Everaldo, do secretário-geral do partido, deputado federal Felipe Pereira, do vice Cláudio Castro e do ex-juiz Wilson Witzel que, ao se lançar candidato, deu sua primeira entrevista para A TRIBUNA, que foi o pontapé inicial na região para se tornar conhecido”, declarou Emir.

Em nível municipal, o presidente do PSC afirmou que o partido “demonstrou que veio com força e que terá um futuro promissor para alianças”. Um diferencial do PSC em Niterói, segundo Emir, “é que não somos políticos e não vivemos de cargo político”, destacou.

Sobre o alinhamento das esferas que se faz através da gestão de Bolsonaro (federal) e Witzel (estadual), ele diz que será importante para tocar mais rápido o avanço do Estado e de Niterói. “Vamos atuar nas estruturas e desenvolvimento sem as tradicionais rixas e apadrinhamentos de obras”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − 6 =