Presidente da Câmara de Niterói destaca diálogo entre Legislativo e Executivo para vencer a Covid-19

Em entrevista para A TRIBUNA ontem o presidente da Câmara dos Vereadores de Niterói, Milton Cal (Progressistas) reafirmou a participação ativa do Legislativo niteroiense em todos os momentos da administração do prefeito Rodrigo Neves (PDT) neste momento em que estão sendo aprovadas todas as mensagens executivas direcionadas às ações de prevenção e combate ao novo coronavírus no município.

“Já aprovamos juntos mais de 15 Projetos de Lei para isso”, destacou.

Segundo ele, é importante a participação dos dois poderes conjuntamente com vistas a ajudar a sociedade como um todo e especificamente as pessoas mais frágeis e expostas, nesse enfrentamento que ora se apresenta para resolução para prevenção dessa grave epidemia que assola a humanidade.

“O momento é sério, estamos diante de um inimigo desconhecido e precisamos ter muita responsabilidade nessa hora. Se houver necessidade, outras medidas serão tomadas, a qualquer momento. O Legislativo tem a responsabilidade como premissa e vai fazer de tudo para salvar a vida dos que aqui moram, trabalham e escolheram acidade para viver. Juntos, seguindo a orientação das autoridades de saúde vamos superar esse momento”, diz o presidente Milton Cal.

Sobre as restrições que foram intensificadas, Cal acha que o prefeito está no caminho certo.

“Acho que prevenção é muito importante. Na cidade circulam muitas pessoas de todas as regiões. É importante que a Câmara possa restringir este acesso para que possamos manter o nível de adesão do isolamento dentro dos 70%. Os cidadãos niteroienses estão fazendo a sua parte e acredito que vamos vencer essa guerra logo”, disse Cal.

Ele ressaltou a união de esforços dos vereadores que deram uma trégua nas discussões políticas entre a oposição e a situação para garantir condições legais e orçamentárias para que o município supere a crise de ordem econômica e sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Para ele, é preciso esquecer as divergências políticas diante da gravidade do atual cenário.

“De nossa parte vamos focar as nossas energias e abandonar todas as disputas políticas, para propiciar ao Executivo o necessário respaldo para que ele tenha todas as condições legais e orçamentárias para pavimentar esse caminho que nos levará à superação deste momento”, afirmou o presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 + dezesseis =