Presente surpresa e de ‘grego’

Com uma ação sem disparar um único tiro, agentes da Polícia Civil conseguiram prender Diego Felix Domingos Rezende, conhecido como Chibó, apontado pela investigação como chefe do tráfico de drogas na comunidade do Santo Cristo, no Fonseca, Zona Norte de Niterói. Ele foi localizado na noite de segunda-feira (05) em uma churrascaria de Itaboraí com mais 30 pessoas, comemorando seu aniversário. Contra ele havia um mandado de prisão em aberto.

De acordo com a Polícia Civil, Chibó foi preso a partir da investigação de agentes da 78ª DP (Fonseca), que conseguiram a informação da localização do criminoso. Junto com ele havia amigos e familiares e, no momento da prisão, não houve resistência de Diego, que completava 28 anos.

Ele possui anotações criminais por estupro, tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e homicídio qualificado. Segundo a Polícia Civil, Chibó foi preso pela última vez em junho de 2017, tendo conseguido liberdade em dezembro do mesmo ano, voltando agora para a prisão.

Mais sete pessoas presas no Feijão
Durante uma ação de combate ao tráfico de drogas, na manhã desta terça-feira (06), na Comunidade do Feijão, em São Gonçalo, policiais militares conseguiram prender sete suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas na localidade. Além disso, apreenderam grande quantidade de drogas e uma pistola 9mm.

Segundo informações do 7º BPM (São Gonçalo), desde as primeiras horas de ontem, guarnições atuavam na comunidade para localizar traficantes. Os policiais conseguiram surpreender os criminosos.

Além da pistola, os PMs encontraram com eles 532 papelotes de maconha, 313 pinos de cocaína, três rádios transmissores e munições. Os policiais apreenderam ainda na ação duas motos.

Mais prisões em Cachoeira de Macacu
Sete pessoas foram presas na madrugada de terça, suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas em Cachoeira de Macacu. O que chamou a atenção nessa ocorrência é que o primeiro criminoso detido tentou gritar de dentro da viatura para alertar os demais comparsas, mas não foi suficiente. Outros seis foram presos dentro de uma residência. Todos foram localizados na Comunidade do Boqueirão.

Por volta das 23 horas, policiais do 35º BPM foram ao local apurar a denúncia de que barricadas tinham sido instaladas na localidade. Próximo ao ponto descrito na denúncia, os militares conseguiram localizar o primeiro suspeito com uma mochila e um rádio transmissor. Metros à frente, com o homem detido – segundo a Polícia Militar – o mesmo começou a gritar para informar aos seus comparsas que estavam mais abaixo sobre a presença dos policiais. Neste momento, traficantes começaram a atirar contra a guarnição, o que deu início a confronto.

Após busca pela localidade, os policiais conseguiram localizar outros três suspeitos saindo de uma residência e dentro dela os policiais conseguiram prender mais outros três. Dentro da casa havia uma pequena quantidade de drogas. Os sete envolvidos foram enquadrados no tráfico de drogas, permanecendo preso na 71ª DP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − nove =