Prefeitura reassenta famílias que moravam no entorno do mercado municipal

Anderson Carvalho

O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, através de decreto, determinou o reassentamento de 27 famílias cadastradas pela prefeitura e que moravam no entorno do prédio do antigo Mercado Municipal Feliciano Sodré, no centro, para o Empreendimento Poço Largo, no bairro da Ititioca. As famílias foram inseridas no Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal. Segundo o Executivo, elas aguardam a entrega do conjunto para serem realocadas.

O empreendimento está em fase final de construção. As famílias ocuparão as vagas deixadas por outras que foram selecionadas, mas não conseguiram reunir a documentação exigida pela Caixa Econômica Federal. Entre as 27 famílias a serem realocadas estão as que moravam também no entorno do antigo Ciep Esther Botelho, no bairro do Cantagalo, em Pendotiba, que estava abandonado e foi municipalizado no ano passado. As famílias a serem reassentadas deverão comparecer à Secretaria Municipal de Habitação e Regularização Fundiária, na Praça Fonseca Ramos, s/nº, 5º andar, e no Terminal Rodoviário Roberto Silveira, ambos no centro. A relação das famílias reassentadas ficará disponível para consulta na secretaria e no terminal.

A obra de revitalização do Mercado Municipal será feita através de uma Parceria Público Privada (PPP). A área fica em um galpão na Avenida Washington Luís, 987, no Centro. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico criou uma comissão de apoio operacional, formada por diversos órgãos públicos e secretarias, para acompanhar todo o processo de construção e implantação do mercado, cada órgão atuando em sua área específica. A comissão inclui NitTrans, secretarias de Conservação e Serviços Públicos (Seconser), Habitação, Assistência Social, Planejamento, Gestão Estratégica e Procuradoria-Geral. A previsão é que a obra tenha início na primeira quinzena de novembro.

Já o Ciep passa por obras. No local, a prefeitura instalará um Espaço Nova Geração, que oferecerá projetos de formação técnica, cultura, educação, esporte e lazer para crianças e jovens. A previsão é que a obra esteja concluída em oito meses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + dois =