Prefeitura lança livro com estudos científicos de Maricá

Com o título “Estudos Maricaenses, o município de Maricá em debate”, a Prefeitura de Maricá, por meio do Instituto Municipal de Informação e Pesquisa Darcy Ribeiro (IDR), está lançando um livro que traz com 15 artigos acadêmicos sobre a cidade. Dividido em três eixos temáticos: desenvolvimento socioeconômico, planejamento urbano e história e cultura, o livro reúne estudos de 30 autores e pesquisadores das principais universidades do país que analisam a cidade em diversos aspectos.

Os cerca de 3 mil exemplares serão distribuídos em toda a rede municipal de ensino, nos setores da administração pública e na Câmara Municipal. Para aqueles que optarem por adquirir o material pela internet, ficará disponível no site da Prefeitura um link para download.

O presidente do IDR, Alan Novais, destacou a vocação que Maricá tem para ser  tema de estudos científicos. “Isso permitiu que percebêssemos como a cidade é estudada em todo o Brasil, não só pelas principais universidades do Rio de Janeiro, mas por outros pesquisadores que veem Maricá como um ponto de estudo nas mais diversas áreas. A riqueza com o Espraiado, a sua restinga, o seu desenvolvimento econômico na área do petróleo em razão da bacia e, principalmente, no acerto da administração na execução correta dos recursos oriundos dos royalties do petróleo”, disse.

A gestão do município, principalmente sua condução no período da pandemia com a implementação dos programas de suporte econômico como o Programa de Amparo ao Trabalhador (PAT), o Programa de Amparo ao Emprego (PAE), somado ao Renda Básica de Cidadania (RBC), gerando  crescimento do emprego em meio à crise sanitária, fez com que esse conjunto de informações tivesse um artigo publicado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

“O livro já tem uma relevância nacional porque mesmo antes do seu lançamento, seus textos foram considerados científicos e importantes suficientes para que a instituição brasileira fizesse referência à editora e aos pesquisadores”, completou o presidente do instituto.

De acordo com o vice-prefeito, Diego Zeidan, esses dados apontam Maricá na contramão do país, no momento em que o governo federal cancela o Censo 2021 após corte nos recursos previstos no Orçamento Geral da União para a pesquisa.

“Estamos vivendo um momento em que o nosso censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) foi barrado pelo presidente e não vamos ter informações para gerar política pública para os próximos 10 anos. Esse livro é um contrassenso aqui de Maricá de tenta montar um mínimo de amparo de dados de base argumentativa para desenvolver políticas públicas”, afirmou.

Presente no lançamento do livro, o secretário de Relações Institucionais, João Maurício Freitas, apontou que o livro poderá nortear o governo na execução das políticas públicas a serem implementadas futuramente na cidade e quais seus impactos econômicos para toda a região.

“Tem outras temáticas que podemos ter uma ação mais concreta sobre qual o impacto da nossa moeda social Mumbuca na nossa cidade e na economia regional do Estado. Qual é o impacto de termos uma cidade com ônibus de graça, como é a política do ‘Vermelhinho’. Isso tudo são estudos e políticas públicas que vão ser cada vez mais aprofundadas por esse instituto”, afirmou.

A coordenadora editorial do IDR, Aline Rocha, contou como foi participar do processo de escolha dos artigos e da edição do livro. “Foi uma experiência muito rica porque aprendi muito sobre Maricá. Tenho a certeza que foi muito gratificante para todos os envolvidos”, comentou.

Os trabalhos publicados foram avaliados por servidores do poder público com formação acadêmica de mestrado e doutorado nas áreas de saúde, educação, cultura e ciência e tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 19 =