Prefeitura de São Gonçalo vai cobrar ar condicionado nos ônibus

Anderson Carvalho

Os moradores de São Gonçalo que sofrem com o calor nas linhas municipais de ônibus que não têm ar condicionado podem ter um fio de esperança de mais frescor no transporte coletivo da cidade. O prefeito José Luiz Nanci pretende se reunir com as empresas de ônibus que formam o Consórcio São Gonçalo, para pedir um percentual mínimo de veículos com ar condicionado. A reunião deverá ser marcada nos próximos dias. A medida seria uma contrapartida ao aumento de 50 centavos no preço da tarifa.

Através de assessoria, Nanci defendeu o aumento, que foi de 14,50%. Lembrou que há uma cláusula no contrato que determina que o aumento anual é obrigatório. Além disso, o que calcula o reajuste são os gastos com manutenção, diesel, o tamanho do percurso que os veículos percorrem no itinerário, o número de funcionários e as gratuidades para idosos, estudantes de escolas públicas e portadores de necessidades especiais e doenças crônicas. As passagens gratuitas estão embutidas em 25 centados do aumento.

Processo – Ontem, o vereador Professor Paulo (PC do B) entrou com Ação Popular na Vara de Fazenda Pública de São Gonçalo pedindo a suspensão imediata do reajuste. O documento aponta para a falta de clareza no percentual de 14,50% incidindo sobre o valor, saltando de R$ 3,45 para os atuais R$ 3,95.

“Esse aumento está causando um forte impacto no bolso dos trabalhadores, da população em geral. É preciso barrar esse reajuste, o serviço prestado pelas empresas é de péssima qualidade! Os ônibus não têm ar condicionado, e a passagem é aumentada justamente no verão?! A população precisa ser ouvida, é necessário realizarmos audiências públicas para debater essa questão crucial que afeta diretamente o orçamento familiar dos gonçalenses” , argumentou o vereador.

No último dia 18, os vereadores Gilson do Cefen, Vinicius, Jalmir, Dr. Armando,Salvador Soares, Cacau e Lucas Muniz, com o apoio do presidente da Câmara, Diney Marins, protocolaram ofício solicitando cópias do processo com o contrato de concessão, além de outro ofício pedindo reunião urgente com o prefeito.

4 comentários em “Prefeitura de São Gonçalo vai cobrar ar condicionado nos ônibus

  • 20 de março de 2017 em 02:37
    Permalink

    Os onibus de Niteroi tem menos passageiros e a maioria tem ar condicionado, pq em São Gonçalo tudo tem que ser d e pior qualidade, não temos ciclovia, não temos lazer, sinceramente não entendo como os sindicatos dos motorista não exigem melhor qualidade de trabalho para estes profissionais, se o passageiro não aguenta 20 minutos nestes onibus , um calor infernal, imagina quem trabalha mais de 8 horas, e pior trabalhando com dupla função que parece que existe lei q proibe isso, motorista mais tempo parando e nem um ventozinho da para para pegar da janela..chegar suada no trabalho..esta gente ganaciosa, que so pensa em lucros, sem contar a demora destes onibus,,merecemos o melhor pagamos altos impostos, ora,,se não quer colocar ar condicionado manda abaixar o preço da passagem, deveria ser so permitido aumentar depois q mostrassem melhorias..absurdo onibus do Galo Branco sai de Alcantara passa por varios bairros, qd chega no galo branco, Rocha ja esta lotado e pior os onibus de viagem que colocaram, quem olha por fora pensa q tem ar condicionado. o que tem é muito acaro,um cadeirante não pode pegar estes onibus, um descaso,,crime mesmo
    Muitos passageiros para uma empresa so e eles ainda ficam de misèria para colocar ar condicionado??? Eu tenho vontade de mudar do meu bairro so por causa dessa empresa, demora e ninguem aguenta tanto calor, tem que voltar as vans..Prefeito de Niteroi esta de parabens pq se impoem, o daqui vai ficar na promessa, quero ver obrigar a empresa Galo branco colocar ar condicionado, apesar q acho q ja existe lei que obriga..Passagem muito cara ..absurdo..

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *