Prefeitura de Niterói vai custear obra de desobstrução do Túnel do Tibau com orçamento de R$ 1,3 milhão

A Prefeitura de Niterói já está com edital pronto para licitação de uma empresa para realizar a desobstrução do túnel do Tibau, que liga a Praia de Piratininga e a lagoa, na Região Oceânica de Niterói. A administração municipal vai custear o projeto que ficou em R$ 1,3 milhão. Por conta da pandemia do coronavírus o edital está momentaneamente suspenso.

O Gestor do Sistema Lagunar da Prefeitura de Niterói, Luciano Paez, explicou que a administração municipal já está com edital pronto para publicar a licitação de contratação de empresa para a desobstrução do túnel.

O novo Administrador Regional da Região Oceânica, Rubens Branquinho, contou que essa medida vai ajudar os pescadores da região. “Sem dúvida os pescadores serão beneficiados e uma forma de oxigenar a lagoa que está cada vez mais assoreada. Desde o ano passado esse espaço está aguardando esse reparo. O que atrasou foi o Estado ter falado que iria assumir e não assumiu. Isso aconteceu através de uma movimentação política”, frisou.

Pelo projeto a obra terá duração de seis meses. “Com tudo pronto na primeira quinzena de março, tivemos que suspender momentaneamente este edital público. Porém não vemos a hora (e nem à população do entorno) deste edital ir para a rua. Não é uma obra simples mas em consulta com engenheiros da área, os mesmos falaram que este prazo está bem razoável.
Porém desde o início teremos o fluxo já sendo reestabelecido”, comemorou Luciano.

No início de 2019 parte do túnel desmoronou e os sedimentos impedem a renovação da água, o que afeta dezenas de pescadores que usam a pesca como sustento. A obra do túnel foi feita pelo Inea e entregue em 2007 e cerca de 70 famílias vivem da pesca na localidade e a qualidade da água é fundamental para essa prática.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − seis =