Prefeitura de Niterói propõe pagar Proeis diretamente a policiais

O Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, reuniu-se na tarde de quinta-feira (01) com o secretário estadual Roberto Sá e com a cúpula de Segurança do Rio para reforçar os pedidos de ampliação de ações que diminuam os índices de criminalidade na cidade e definir novas diretrizes. O chefe do Executivo levou uma lista de sugestões que culminará na assinatura de um termo de cooperação entre o estado e município, o que deverá ocorrer ainda em dezembro. Entre as solicitações de Neves está a integração total do sistema da Polícia Civil aos portais de segurança que o município está instalando na cidade, sendo que o primeiro já está na Ponte- Rio Niterói e os próximos serão implantados no Fonseca e Avenida Central.

Durante a reunião, da qual participaram também o chefe da Policia Civil, Carlos Augusto Leba, o comandante-geral da Policia Militar, coronel Wolney Dias, o secretário municipal de Ordem Pública, Gilson Chagas, e o assessor de gabinete de Gestão da Prefeitura, coronel Paulo Henrique, além de integrantes das polícias Militar e Civil, o prefeito de Niterói reiterou que a prefeitura injetará mais R$ 10 milhões na ajuda ao estado para barrar a escalada de violência em Niterói. O secretário estadual de Segurança afirmou que todas as sugestões levadas pelo prefeito são pertinentes e que de imediato encaminhará o pacote de ações para que seja analisado pela equipe técnica da sua secretaria.

“Desde o início da nossa gestão, temos trabalhado na linha de cooperação com as forças policiais do estado. Segurança Pública é hoje, sem dúvida, o maior problema das cidades da Região Metropolitana do Rio e também é um problema em Niterói. Entretanto, esse esforço não vem sendo suficiente, pois os índices de violência seguem elevados e a sensação de insegurança ainda exige um esforço conjunto de trabalho. O cidadão não é municipal, estadual ou federal, ele é cidadão, e nós, como poder público, temos que ter uma ação integrada para prover segurança urbana.”, disse o prefeito, agradecendo também o empenho do coronel Márcio de Oliveira Rocha, comandante do 12º Batalhão, empossado há duas semanas.

Batalhão exclusivo para Niterói e novo modelo de Proeis
A proposta de um novo formato de funcionamento do Proeis foi apresentada por Neves e será estudada pelo secretário de Segurança para ver como os trâmites legais podem ser operacionalizados. No modelo antigo, os policiais recebiam o pagamento por prestação de serviço voluntariado através de processo burocrático. Pela proposta do prefeito niteroiense, essa verba vai direto para a conta dos policiais via Prefeitura de Niterói.

Entre as diretrizes e ações estratégicas que serão contempladas está, no âmbito da Polícia Civil, a integração plena das informações dos portais de vigilância nas entradas de Niterói com o sistema de informações da Delegacia de Roubos e Furtos, à qual a Prefeitura irá prestar apoio, inclusive com recursos financeiros.

Outra diz respeito à Polícia Técnica e ao IML para desempenhar plenamente suas funções, também com suporte financeiro da Prefeitura. Além disso, a proposta inclui uma linha de trabalho com o Batalhão de Choque. Rodrigo Neves também propõe um estudo, que será concluído nos próximos 15 dias, de um batalhão da Polícia Militar exclusivo para Niterói.

Roberto Sá garantiu que começará a trabalhar para que as medidas propostas pelo prefeito sejam postas em prática com brevidade. “Embora esteja na Constituição federal que é dever do estado, esse estado é um estado lato sensu, amplo. Quando todos se ajudam, a probabilidade de sucesso é muito maior. Rodrigo Neves demonstra ser visionário ao trazer essa proposta de acordo, de compreensão. Vou passar para minha equipe verificar a viabilidade técnica em curto espaço de tempo. A gente espera que, até a segunda quinzena de dezembro, possamos dar um retorno e que, no início de 2017, já possamos iniciar algumas ações conforme as diretrizes”, afirmou o secretário estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − 2 =