Prefeitura de Niterói contabiliza mais de 130 contenções de encostas desde 2013

Mais de 130 contenções de encostas em diferentes regiões de Niterói em sete anos. Este é montante divulgado pela Prefeitura, que atualmente realiza 23 outras obras do tipo em pontos do Bairro de Fátima, Fonseca, São Lourenço, Maceió, Sapê, Piratininga e Morro dos Marítimos. De acordo com a Emusa, há ainda 45 pontos em estudo de viabilidade para futuras intervenções.

A comunidade Boa Esperança, em Piratininga, é um dos pontos beneficiados no momento. Em novembro de 2018, a região registrou o rompimento de um maciço. Em seguida, foi feito um trabalho emergencial na área para desmonte do bloco rochoso e, depois, iniciada a contenção. Com investimento de R$ 25 milhões, o projeto contempla três trechos da comunidade: dois deles onde ocorreu o rompimento do maciço, e o terceiro próximo àquela área. Estão sendo aplicadas as técnicas de cortina atirantada e solo grampeado. Dos três pontos de contenções, dois já foram concluídos. Agora, a equipe trabalha na terceira e última área, que tem previsão de ser entregue em novembro.

“No momento, temos 80% do serviço executado, confeccionando a cortina atirantada e as canaletas de drenagem. O local também recebeu melhorias em sete acessos da comunidade. As vias estão mais seguras com novas escadas, canaletas de drenagem, concretagem do piso, além de uma área de lazer e uma lixeira comunitária para uso de todos os moradores”, descreve o diretor de Planejamento e Captação de Recursos da Emusa, Paulo César Carrera.  

Outro ponto é o Morro dos Marítimos, no Barreto, que está recebendo a intervenção nas travessas Conceição e Lourdes. As atividades estão agora concentradas no último painel de cortina atirantada, com cinco, e na colocação das manilhas e melhoria em uma das escadas de acesso para moradores. O investimento é de aproximadamente R$ 5,5 milhões.

Mapeamento – Em abril do ano passado, o prefeito Rodrigo Neves assinou a ordem de início para obras de contenção de encostas em 54 pontos. Destes, 41 já tiveram as intervenções concluídas. As áreas onde acontecem as obras foram indicadas pelos laudos da Defesa Civil e hierarquizadas como de risco muito alto pelo mapeamento contratado pelo município, que foi apresentado em 2019. Entre as regiões beneficiadas estão Morro do Palácio, Pé Pequeno, Riodades, Bairro de Fátima, Preventório, Morro do Palácio, Buraco do Boi, Sapê, Morro do Cavalão, entre outros.

“Desde 2013, a gestão municipal realiza obras de contenção de encostas em toda a cidade. Estas são obras que não aparecem, mas que ajudam a salvar vidas. Além dessas intervenções de infraestrutura, o Município também realizou investimentos expressivos na Defesa Civil Municipal, com sistema de estações meteorológicas, pluviômetros e sirenes, centro de monitoramento 24 horas, além de alertas por meio de aplicativos”, ressalta o secretário municipal de Defesa Civil, Walace Medeiros. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + dez =