Prefeitura de Niterói abre chamada pública para compra de produtos culturais

A Prefeitura de Niterói abre, nesta quinta-feira (1º), a partir das 10h, a chamada pública para compra, aquisição e licenciamento de produtos artísticos. A iniciativa da Secretaria Municipal das Culturas e da Fundação de Arte de Niterói vai selecionar 330 propostas de obras, de diversas expressões e linguagens, inclusive em versão digital (e-books, vídeos, músicas). O objetivo é estimular a economia criativa e a produção cultural da cidade. A chamada pública foi lançada nesta quarta-feira (30) em uma live nas redes sociais da Cultura Niterói. As inscrições vão até o dia 16 de agosto às 18h.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, defende que a cultura, além de instrumento de inclusão social, integra uma das frentes para a retomada da economia da cidade.

“A Cultura está entre os setores mais impactados com a paralisação das atividades em virtude da pandemia. Para fazer essa cadeia criativa voltar a circular, a Prefeitura de Niterói vem investindo em editais e chamadas públicas direcionadas aos artistas e ao setor produtivo cultural. Niterói é uma verdadeira usina de talentos, então é natural que o poder público municipal adquira esses produtos artísticos para exibição em nossa cidade”, pontua.  

Diferentemente dos outros editais de fomento ao setor de cultura, a chamada pública possibilita que os artistas ofereçam produtos finais, que serão expostos, apresentados e divulgados para toda a cidade. O secretário das Culturas, Leonardo Giordano, explica a metodologia inovadora.

“Vivemos um momento atípico, em que os artistas estão com as atividades públicas paralisadas por conta da pandemia. Após muito diálogo com a sociedade civil, criamos este edital, que tem o objetivo de contemplar o que a cultura de Niterói já produziu. São clipes, obras de arte, espetáculos, livros, oficinas, músicas. Obras que já estão prontas e que podem e devem ser de conhecimento público. A gente premia os artistas, estimula a produção e entrega às pessoas conteúdo de qualidade”, detalha.

Giordano explica que os produtos adquiridos não serão de uso exclusivo da Prefeitura.

“A ideia é potencializar culturas. Os artistas continuarão proprietários das obras, podendo comercializá-las, independentemente do prêmio”.

As inscrições estarão abertas a partir desta quinta-feira (1º), pelo portal de serviços da Prefeitura (www.servicos.niteroi.rj.gov.br) ou pelo site www.culturaniteroi.com.br. Podem se inscrever apenas pessoas físicas, residentes no município de Niterói. O edital conta, ainda, com políticas afirmativas de cotas dedicadas a negros, mulheres, transexuais e travestis, e pessoas com deficiência. Dúvidas já podem ser tiradas pelo e-mail: ativosculturais.niteroi@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.