Prefeitura de Macaé anuncia rescisão de contrato com a Cedae

A Prefeitura de Macaé publica, hoje, o decreto 029/2019, que determina a rescisão do contrato de concessão de abastecimento de água com a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Ceade). A partir desta data, a operacionalidade será com a encampação do serviço, por meio da Secretaria Adjunta de Infraestrutura. Os procedimentos dessa decisão serão apresentados em um prazo de 72 horas a partir da publicação no Diário Oficial.

De acordo com o documento, o governo municipal considera a quebra contratual por parte da Cedae, com relação à cláusula de fornecimento ininterrupto do abastecimento de água em Macaé. O decreto cita ainda que a população macaense vem sofrendo por conta do serviço com o desabastecimento de suas residências e estabelecimentos comerciais.

A prefeitura ressalta, também, o ajuizamento da ação por parte do município com o intuito de regularizar a prestação de serviço, que não foi restabelecida por parte da concessionária.

O prefeito Dr. Aluizio afirmou que tem buscado um acordo com a Cedae desde o mês passado. “A companhia não conseguiu, ao longo desse período, atender a expectativa mínima da população que é ter água em sua casa. A conta chega, mas o abastecimento não. Isso acontece em qualquer bairro, de Imboassica ao Lagomar. Inicialmente, entramos com uma ação contra a Cedae, mas a Justiça ainda não teve tempo de se manifestar. Por isso, a decisão de rescindir o contrato e encampar o serviço. Nos últimos 40 anos, a Cedae não investiu quase nada no município. É preciso ter respeito pelo morador de Macaé que paga água e não tem. A solução é o abastecimento nas casas das pessoas”, disse o prefeito.

Ações
Em fevereiro deste ano, o prefeito Dr. Aluizio cobrou aos representantes da Cedae, em visita ao gabinete municipal, o plano de investimentos para garantir o abastecimento integral de água no município. Além disso, a prefeitura protocolou, na primeira Vara da Fazenda Pública, Ação Coletiva que buscava a suspensão imediata da cobrança da tarifa de água, até que a concessionária se comprometesse a executar, com urgência, manobras eficazes para restabelecer o serviço que atende aos 260 mil habitantes de Macaé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *