Prefeitura de Itaboraí deve R$ 5 milhões à OS na saúde

Anderson Carvalho

Duas semanas após ser empossado prefeito de Itaboraí, Sadinoel Gomes de Souza (PMB), faz levantamento da situação da prefeitura. A situação precária das escolas públicas e das unidades de saúde, a paralisação das obras do Complexo Petroquímico do Estado do Rio (Comperj), violência, muitas ruas sem pavimentação e a arrecadação baixa, provocada pela crise econômica. A nova administração constatou uma dívida de R$ 5 milhões ao Instituto Brasileiro de Apoio à Saúde (Ibas), responsávelpelo Hospital Municipal Desembargador Lima Castro. A folha de dezembro do funcionalismo ainda não foi paga e não há previsão de quando isso possa ser feito.

“Encontramos uma casa arrasada. Não tivemos transição no mês passado com o antigo governo. Muitas informações não nos foram passadas e assumimos no escuro, literalmente. Vamos negociar a dívida com as OS da saúde. Reduzimos secretarias e nomeamos apenas alguns funcionários no lugar de outros que tinham sido exonerados no fim do ano passado. Não contratamos ninguém”, contou Sadinoel.

No último dia 11, a prefeitura pagou o 13º salário de todos os funcionários públicos. Estão na lista os comissionados, estatutários e os que recebem via Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). “Em breve vamos regularizar o problema da folha de pagamento e dar mais tranquilidade para os nossos funcionários. Conto com a paciência, compreensão e ajuda de todos para reconstruirmos Itaboraí”, disse o chefe do Executivo, acrescentando que tem contado com repasses, como o Fundo de Participação dos Municípios.

Segundo o balancete orçamentário do 5º bimestre de 2016 divulgado pela Secretaria de Fazenda no mês passado, a dívida consolidada em 31 de outubro do ano passado era de R$ 33.555.578,30. No mesmo período de 2015 era de R$ 2.411.514,00. Os Restos a Pagar (compromissos não quitados) eram de R$ 42.774.784,50 em outubro de 2016. A Dívida Previdenciária Líquida era de R$ 75.656.452,20. A receita prevista para este ano é de R$ 870.845.543,83, segundo o orçamento aprovado em dezembro passado.

Reforma – A Secretaria de Obras iniciou obras de nivelamento e manutençao do asfalto da Avenida 22 de Maio, na altura de Venda das Pedras e realizaram a limpeza de esgotos na Reta Nova. Para esta semana a previsão é iniciar a dragagem dos rios.

One thought on “Prefeitura de Itaboraí deve R$ 5 milhões à OS na saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =