Prefeitura busca novo local para unidade de saúde

Raquel Morais –

A Unidade Básica de Saúde Dom Luiz Orione (UBS), que fica perto da ponte do Tibau, em Piratininga, está prestes a mudar de endereço. A Prefeitura de Niterói publicou edital de locação de um novo imóvel, no mesmo bairro, para abrigar o posto de saúde. O motivo, segundo os pacientes, seria a Capela Nossa Senhora da Penha, proprietária do terreno em questão e que o teria pedido de volta à administração municipal. Até o fechamento dessa edição, a Arquidiocese de Niterói não se pronunciou sobre o assunto. A prefeitura explicou que a unidade vai passar por transição de Unidade Básica de Saúde (UBS) para Policlínica, portanto, é necessário um local maior e dentro do perfil para atender a demanda de especialidades que vão ser oferecidas. No momento está sendo feito o estudo epidemiológico na região para avaliar as especialidades necessárias para a população local.

Atualmente, a UBS atende nove especialidades – pediatria, psicologia, clínica geral, fonoaudiologia, nutrição, assistente social, odontologia, ginecologia e obstetrícia. A cozinheira Leiviane Rodrigues, de 31 anos, disse que o posto de saúde tem estrutura muito precária e que vai gostar da mudança. “Eu acho que esse lugar já é muito antigo e não tem muito o que reformar. Fiquei sabendo que a igreja ainda estava pedindo o terreno de volta e isso será bom para modernizar o posto de saúde. Tem alguns pontos negativos dessa unidade como a falta de remédios, banheiro em péssimo estado e também a falta de encaminhamentos para outros médicos. Espero que com essa mudança física as coisas melhorem”, pontuou a moradora da região.

Usuários da UBS alegaram que a igreja estaria querendo ampliar o espaço para os fiéis. A administração da Capela foi procurada pela reportagem de A TRIBUNA, mas ninguém pôde se posicionar sobre o assunto. O caso deixa os pacientes temerosos sobre o destino do posto. “Minha esposa faz o acompanhamento do nosso filho nesse posto e já fomos avisados que eles vão para novo endereço. Só espero que não fique muito distante da nossa casa. Também torço para que não demorem muito até abrir a nova unidade”, pontuou o estudante Gabriel de Paula Ribeiro, de 18 anos.

Quem tiver um imóvel para alugar deverá cumprir alguns requisitos mínimos para entregar a proposta para a Prefeitura de Niterói, que fechará contrato de dois anos, podendo ser prorrogado. O imóvel deverá ter no mínimo 130m², as dependências internas devem ter pisos, paredes, vidros, portas, fechaduras em condições de uso, assim como equipamentos hidráulicos como torneiras, chuveiros e vasos sanitários, por exemplo. Outras exigências publicadas no Diário oficial são em relação a quantidade de ambientes, que deverão ter, pelo menos, seis salas para consultório, uma sala para administração, uma sala para direção, três banheiros, sala para uma pequena farmácia mais espaços para vacinação, almoxarifado, curativo e copa, por exemplo.

Os locadores interessados em oferecer o imóvel podem enviar a proposta, em um envelope com cópias de documentos pessoais, registro do imóvel e fotos, para a Fundação Municipal de Saúde de Niterói até dia 30, de 11h às 17h, no setor de protocolo, na Rua Visconde de Sepetiba, 987, 8º andar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − cinco =