Prefeito de Maricá recebe motoristas de vans municipais após manifestação

Cerca de 40 motoristas de vans fizeram uma manifestação na frente da Prefeitura de Maricá na manhã de quarta-feira (11) para a implementação do Mumbuca Transporte. O prefeito Fabiano Horta, junto com seu secretariado, recebeu representantes da categoria e confirmou que o projeto está em fase de implementação. Além disso já foi solicitada a instalação de validadores do sistema Riocard nas vans municipais, a confecção dos cartões e o gerenciamento eletrônico. O benefício será disponibilizado para alunos da rede pública de ensino, pessoas com deficiência ou doença crônica e idosos; além de 60 vales sociais para os demais cidadãos.

O Mumbuca Transporte foi votado e aprovado em abril, mas ainda não foi implementado no município. O cartão será usado nos transportes complementares e o sistema de bilhetagem será custeado pelo município. Os trabalhadores alegam que a concorrência está desleal, visto que a cidade oferece transporte gratuito, os ‘vermelhinhos’, e a passagem do bilhete de van custa R$ 2,70.

A Prefeitura de Maricá informou que propôs a disponibilização de espaços publicitários nesses coletivos, projeto que ainda terá ajustes para a definição de valores. Essa medida se une à contratação de vans do transporte municipal pelo poder público durante a pandemia da Covid-19, auxiliando na distribuição de cestas básicas destinadas às famílias em vulnerabilidade social. Iniciativas como essas fornecem apoio financeiro à categoria em um momento de dificuldades.

“Os processos que envolvem a implementação do Mumbuca Transporte já estão em andamento. Solicitamos a instalação de validadores do sistema Riocard nas vans municipais, acompanhada da confecção dos cartões destinados aos maricaenses e o gerenciamento eletrônico de todo esse processo. Assim, teremos maior celeridade na efetivação do Maricá Transporte, só aguardando os trâmites necessários para o início da modalidade no município”, destacou o secretário de Transporte, Douglas Carvalho.

De acordo com publicação de abril da Prefeitura de Maricá a Lei Municipal aprovada em março assegura a gratuidade no serviço operado por micro-ônibus categoria M2 (veículos entre 9 e 20 lugares nos quais não se pode viajar em pé) para idosos, alunos da rede pública de ensino, pessoas com deficiência e portadoras de doença crônica de natureza física ou mental que exijam tratamento continuado, cuja interrupção ponha em risco a vida do paciente. O benefício será oferecido também a cidadãos comuns da cidade, que terão direito a 60 créditos mensais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.