Prefeitáveis de Niterói levam às ruas propostas em saúde, educação e capacitação

No quarto dia de campanha eleitoral em Niterói, os candidatos à Prefeitura interagiram com a população nas ruas e na internet nesta quarta-feira (30). Juliana Benício (Novo) conversou com eleitores no Centro sobre suas propostas e pediu a cada um que seguisse suas páginas nas redes sociais para conhecê-la melhor. “O caráter e a dignidade de uma pessoa são resultado do seu passado, e graças a Deus, com a educação maravilhosa que tive, meu passado é limpo, honrado”, exclamou.

Sobre seus projetos na área da saúde, Juliana assegurou que tomará medidas realistas. “Niterói é uma cidade rica, que graças aos royalties do petróleo tem um orçamento de R$ 3,6 bilhões para este ano. Em 90 dias, implantarei um novo modelo de saúde. Assim que eu assumir a Prefeitura, as policlínicas atenderão 24 horas para desafogar o Carlos Tortely e o Azevedo Lima”, revelou, prometendo ainda emitir vouchers de exames laboratoriais e de imagem, criar o agendamento virtual de consulta, melhorar e profissionalizar a gestão dos hospitais, modernizar a atuação do Hospital Psiquiátrico de Jurujuba, ampliar as cirurgias eletivas no Hospital Orêncio de Freitas e retomar a parceria com o Hospital Universitário Antônio Pedro para atendimentos traumatológicos.

Juliana Benício

Outra mulher entre as três cabeças de chapa majoritária, Danielle Bornia (PSTU) dedicou sua manhã a interagir com o eleitorado nas redes sociais, onde divulgou materiais de campanha e respondeu perguntas de internautas. Na parte da tarde, participou de um ato em defesa dos serviços públicos na Candelária, no Rio – uma iniciativa de diversos movimentos sociais e sindicais contra a reforma administrativa. “Trata-se de uma maneira de precarizar ainda mais não só os direitos dos servidores públicos, mas os serviços prestados à população, abrindo brechas para que indicações políticas assumam os postos de trabalhos e aberrações como ‘os guardiões do Crivella’ ocorram com frequência”, disparou.

Danielle Bornia

Por sua vez, o prefeitável Flávio Serafini (PSOL) visitou o Ciep Roberto Silveira, no Barreto, para onde está sendo transferido o Colégio Estadual Menezes Vieira – fruto de sua Indicação Legislativa nº 138/2019. O colégio, situado no mesmo bairro, tem mais de 300 estudantes no segundo segmento do Ensino Fundamental. “Há a necessidade de ampliação de turmas, entre elas as de Ensino Médio. Além do atual prédio não comportar adequadamente a quantidade de estudantes, o imóvel ainda sofre com alagamentos que atrapalham o calendário escolar. Como prefeito, eu e minha coprefeita Josiane Peçanha vamos resolver o problema das enchentes e transformar o atual prédio do Menezes Vieira em uma nova unidade de Educação Infantil Integral”, contou ele, que no final do dia ainda realizou uma roda de conversa sobre o combate ao racismo.

Já Axel Grael (PDT) participou de um café da manhã com moradores na Vila Ipiranga, em que se comprometeu a implantar, caso eleito, um restaurante popular na Alameda São Boaventura. A unidade também abrigaria a primeira Escola de Formação em Gastronomia Popular do Estado, que ofereceria cursos na área. Acompanhado do candidato a vice-prefeito, Paulo Bagueira (Solidariedade), ele mais uma vez ratificou que dará continuidade às benfeitorias do atual prefeito, Rodrigo Neves, naquela área.

“Foram muitas conquistas para toda a Zona Norte, como a reabertura do Getulinho no primeiro dia de governo, e o reforço no Médico de Família, reabrindo unidades que estavam fechadas e implantando novos módulos em locais como Coronel Leôncio e Teixeira de Freitas, além da chegada do Niterói Presente no Fonseca e no Barreto”, ressaltou. “Sete das 25 novas escolas municipais foram implantadas na região, além da municipalização dos CIEPs que estavam fechados, como o Anísio Teixeira, além de realizar obras de contenção de encostas, reformas em áreas de lazer e de drenagem e pavimentação de ruas”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − três =