Prédios do Hospital Santa Cruz podem ser alugados para reabrir a unidade

Anderson Carvalho –

Quatro prédios adjacentes do terreno onde fica o Hospital Santa Cruz, da Sociedade Portuguesa de Beneficência de Niterói (SPBN), na Rua Dr. Celestino, 26, no Centro, poderão ser alugados para conseguir recursos suficientes que garantam o pagamento das dívidas trabalhistas e a retomada dos serviços médicos da unidade. A proposta foi apresentada em assembleia ontem pela diretoria da SPBN aos associados. Na ocasião também foi lida o relatório da prestação de contas do segundo semestre de 2016.

“Podemos alugar os prédios adjacentes, com exceção do principal, do hospital, no mesmo terreno. Quem iria alugar seria uma empresa de saúde. Metade do valor do aluguel será usado para pagar gradualmente as dívidas trabalhistas. A outra parte será uma contrapartida aos associados, com a prestação de serviços médicos pela empresa que alugar os prédios. Será uma forma de obter recursos para reabrir a unidade”, propôs o presidente da SPBN, Vinícius Nery, que comandou a reunião.

Havia pouco mais de dez associados presentes e todos aprovaram a proposta, que será discutida mais profundamente em outra assembleia, com data a ser marcada. Um dos associados, Armando Piccinini, sugeriu dar o patrimônio da entidade como garantia aos interessados em arrendar o hospital. “Temos um patrimônio de R$ 200 milhões e uma dívida total de R$ 130 milhões”, citou o associado.

O hospital está fechado há mais de três anos. Do débito total, R$ 30 milhões são de dívidas trabalhistas. Tramitam nas oito varas do trabalho em Niterói processos de 800 ex-funcionários do Santa Cruz.

Os associados aprovaram o relatório da prestação de contas, que informou que os salários dos funcionários estão em dia, inclusive o 13º, assim como o pagamento dos impostos. Apenas em atraso está o recolhimento do INSS e do FGTS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − 13 =