Prédio atingido por incêndio no Centro continua interditado

Raquel Morais –

Funcionários da Defesa Civil Municipal e da Polícia Civil estiveram no prédio da Galeria Paz, no início da Rua da Conceição, no Centro de Niterói, para fazer uma vistoria no edifício. O condomínio, de 10 andares, foi interditado e a perícia foi realizada na manhã desta quarta-feira (23). Segundo a Prefeitura, foi verificado que não há risco de colapso estrutural no imóvel. A interdição foi mantida em sete salas do prédio, que está em estado de alerta por conta de questões elétricas e condições de uso.

Segundo um funcionário da administradora do edifício, foi proibida entrada de qualquer pessoa no prédio, que está interditado pelas duas entradas, na Rua da Conceição e na Avenida Ernani do Amaral Peixoto. Ele explicou também que um segurança trabalhou durante a madrugada, de 2h as 7h de ontem, para que ninguém entrasse no prédio, já que muitas salas foram deixadas abertas durante a evacuação do prédio.

Na manhã de ontem muitos proprietários e funcionários estiveram nas entradas da Galeria Paz para trabalharem mas foram impedidos. Foi o caso da advogada Flávia Ribeiro, 43 anos, que diz perder pelo menos 50% do andamento do seu trabalho sem poder entrar no seu escritório.

“Na hora do incêndio ouvi alguns gritos e uma pessoa passou em todas as portas avisando para deixarmos os escritórios. Eu consegui manter a calma, peguei dois computadores, uma agenda de trabalho, desliguei a energia e desci. Meus processos e documentos estão na sala e se eu estivesse com esses materiais poderia trabalhar de casa”, lamentou.

A Polícia Civil se limitou a informar que as investigações seguem na 76ª DP (Niterói) para apurar os fatos. Os agentes aguardam o resultado do laudo pericial. De acordo com a Prefeitura de Niterói, os responsáveis pelo imóvel foram notificados e a Defesa Civil indicou os reparos que devem ser feitos para desinterdição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *