Praça dos Ex-Combatentes se encontra dividida

Raquel Morais –

O assunto é antigo, mas muito pertinente. A situação da conhecida Praça dos Ex-Combatentes, no bairro do Patronato, em São Gonçalo, é a mesma de anos. De um lado monumentos históricos, inclusive um tanque de guerra, foram praticamente escondidos atrás das tintas das pichações; além de jovens usando drogas ao ar livre. Do outro, equipamentos de academia preservados e parquinho infantil. A discrepância do cenário da antiga praça chama atenção de quem passa pelo local.

O aposentado Alberto Lino, de 70 anos, disse que cresceu no bairro e lembra dos áureos tempos em que brincava no espaço público. “Existe um respeito na praça. Faço atividade física todos os dias nos equipamentos, que por sinal estão muito bem conservados. Também sento e pego um pouco de sol todos os dias e nunca tive problema. Mas lamento a praça estar com uma parte tão degradada”, comentou.

A cozinheira Alba Raquel de Jesus, de 29 anos, trabalha na praça às sextas e sábados vendendo quitutes e também frisou a importância do cuidado ser mais ostensivo. “Meu filho gosta de brincar no parquinho, que é lindo. Mas em termos gerais a praça poderia ser mais cuidada”, comentou.

Uma gonçalense que preferiu não se identificar ressaltou que a falta de segurança é o pior dos problemas. “Fico no ponto do ônibus e tenho medo de ser assaltada ou agredida”, resumiu.

A poucos metros do tanque, no sentido contrário do parque, a situação não é tão admirável. O veículo de guerra, símbolo dos pracinhas da Segunda Guerra Mundial, está completamente pichado, com lixo espalhado, além do painel com o Brasão da República pintado. O ponto de referência e turístico da cidade de São Gonçalo virou alvo de pequenos delitos, de consumo de drogas e um verdadeiro mural com siglas de facções criminosas e desenhos ilegíveis.

No ano passado, a Prefeitura de São Gonçalo garantiu que a Secretaria de Segurança Pública estaria finalizando o processo para instalação de novas câmeras de segurança na cidade. A praça receberia dois equipamentos. Ontem a administração municipal foi questionada sobre esse projeto e informou que a instalação de câmeras de monitoramento na praça está em andamento. O órgão ainda ressaltou que tem reforçado o patrulhamento no local e que é necessário apoio da Polícia Militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 2 =