Postos de São Gonçalo são autuados pelo Procon

A Operação Bomba Limpa – realizada em conjunto pelo Procon Estadual, pela Secretaria de Estado de Fazenda e por fiscais da Operação Barreira Fiscal, da Secretaria de Estado de Governo – autuou três postos de combustíveis vistoriados ontem em São Gonçalo.

No Posto Apulia (Rua Dr. Nilo Peçanha, 337) foi constatado, no teste da bomba baixa (para checar se a quantidade marcada na bomba é a mesma que o consumidor está recebendo) da gasolina aditivada, a diferença no abastecimento era de 110ml, acima do limite permitido, de 100ml. O posto também não apresentou o laudo de exigências do Corpo de Bombeiros e dois dos três extintores estavam despressurizados.

O Posto Barreiras (Rua Dr. Getúlio Vargas, 1.709) não aplicava o desconto do óleo diesel de R$ 0,46, determinado pelo governo federal. O preço do litro do óleo diesel praticado ontem era R$ 3,599 e, no dia 21 de maio, R$ 3,899. No entanto, havia um cartaz informando a redução do preço do combustível. Os fiscais determinaram a redução do preço para o valor de R$ 3,439 imediatamente.

O Posto Interplanetário (Rua Dr. Pio Borges, 2.875), apesar de ter concedido o desconto no óleo diesel, ofertando o litro a R$ 3,439, informava que o preço anterior era maior do que o realmente praticado. O cartaz dizia que o preço antigo era R$ 4,159, mas o praticado no dia 21 de maio era, na verdade, R$ 3,999, de acordo com as notas fiscais. Os agentes da Operação Bomba Limpa determinaram a alteração do cartaz, pois, além de induzir o consumidor a acreditar que o desconto oferecido era maior que o determinado pelo governo, descumpria o dever de informar com clareza e precisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *