Postes em Niterói continuam em péssimas condições

Eventualmente ocorrem sérios acidentes envolvendo postes da Ampla. Nos mais graves, há inclusive casos de mortes de crianças e idosos. Mas, parece que existe uma certa falta de prioridade quando diz respeito a postes que apresentam péssimas condições de conservação. Na Rua São Lourenço, no bairro de mesmo nome, há diversos fios emaranhados. É uma bagunça tão grande que empresas de telefonia têm dificuldade para encontrar suas fiações. Sem contar os postes tortos. Há um na Praça da Renascença que está sendo segurado por uma árvore, totalmente solto da base. Outros em Niterói, estão com a estrutura aparente e enferrujada.

“Já vimos micos agarrados tomando choque aí. Sempre tem alguma coisa nesses postes da Ampla. Tinha um aqui na calçada que estava errado. Paguei R$ 780 a Ampla para eles retirarem o poste e nada. Depois tive que reclamar pedindo a retirada. Esses fios sempre foram embolados”, disse Luiz Amorin, dono de uma loja de produtos para carros.

No dia 3 de janeiro desse ano uma família de quatro pessoas, entre elas uma criança, foi dizimada por um acidente envolvendo a Ampla. Os quatro foram eletrocutados após a queda de um cabo de energia da concessionária. O Procon chegou a multar a Ampla. O acidente aconteceu na Rua Marechal Floriano Peixoto, em Neves. A Ampla foi procurada, mas até o fechamento não respondeu.

A Ampla informou que enviou uma equipe aos locais mencionados e não encontrou irregularidades na rede elétrica da companhia na Rua São Lourenço. Na Praça Renascença, o poste abalroado não é da companhia, e sim de iluminação pública, portanto de responsabilidade da Prefeitura Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 1 =