Possíveis casos da variante britânica da covid-19 são investigados no Rio

Possíveis casos da variante britânica do novo coronavírus estão sendo investigados pela Subsecretaria de Vigilância em Saúde (SVS) da Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. Profissionais do órgão descobriram que o homem com caso confirmado da variante participou de uma reunião de família, na casa de um familiar, com ao menos oito pessoas em Nova Friburgo, na Região Serrana, dias antes de apresentar os sintomas.

O dono do imóvel onde ocorreu o evento relatou que foi diagnosticado com covid-19 um dia depois da reunião, o que foi confirmado por um teste rápido, segundo relatado à equipe técnica da SVS. O homem já está recuperado da doença e afirma não ter viajado nem tido contato com alguém que tenha viajado para locais onde a variante do vírus esteja circulando.

A SVS concluiu que não será possível realizar sequenciamento genético para confirmar se ele também teve covid-19 a partir da infecção da variante. O motivo é porque não foi não foi coletado material para análise na época em que o dono da casa estava doente. Cabe ressaltar que o homem que testou positivo para a variante teve apenas sintomas leves e já se recuperou.

Até o sábado (20), o estado investigava 13 casos de covid-19 que poderiam ter relação com novas variantes. A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro já confirmou cinco casos relacionados a mutações do coronavírus, sendo um da variante britânica e quatro da variante brasileira, identificada pela primeira vez em Manaus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito + cinco =