Portal procura segurança de Fat Family

Augusto Aguiar

O Portal dos Procurados divulgou ontem cartaz com recompensa de 1 mil por informações que levem a captura de Luis Fernando Rodrigues de Souza, o Nando do Anaia, de 29 anos. Ele é acusado de chefiar o tráfico de drogas na comunidade do Anaia, no Complexo do Anaia, em São Gonçalo. Luis Fernando também seria um dos responsáveis pela segurança do traficante Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, de 28 anos, morto segunda-feira (26) durante uma operação da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Ele teria sido baleado no confronto, mas conseguiu fugir. Com o bando, foram apreendidos três fuzis e grande quantidade de drogas.

Recentemente seu bando teria comandado a guerra pelo controle da venda de drogas no Morro da Caixa D’água, no Vila Três, e no Jardim Miriambi. O conflito fez pelo menos seis vítimas fatais. Entre as vítimas da disputa territorial na região está a representante comercial Eliana Guerreiro Mascarenhas, 60. Ela e o marido, o advogado Roberto dos Santos Melandre, 56, tiveram o carro atingido por quase 40 tiros de fuzil no final de agosto, no Amendoeira. Nando também é investigado por outros homicídios na região. Contra Nando do Anaia existe um mandado de prisão, pedido pela Delegacia de Homicídios da Niterói, que foi deferido pela Justiça, pelo crime de Homicídio Qualificado. Contra ele ainda constam anotações criminais por: roubo de veículo, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de uso restrito, disparo de arma de fogo.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização do criminoso pode denunciar pelo Whatsapp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650 ou pelo Disque-Denúncia (21) 2253-1177.

Morte gera boatos e temor nas redes socais
A morte do criminoso Nicolas Labre Pereira, conhecido como Fat Family, e dois comparsas – Wallace José Fernandes Melo, o JR, de 23 anos, líder da venda de drogas no Complexo do Miriambi – e Bruno Cesar de Souza Pereira, o Danado, da Favela da 40, no Boaçu – durante confronto, na manhã de segunda-feira, na localidade de Itaóca, Complexo do Salgueiro, além de acarretar ordens do tráfico para fechamento do comércio em vários bairros de São Gonçalo, ainda gerou uma onda de boatos nas redes sociais e no whatsapp.

No fim da tarde de segunda várias pessoas já trocavam mensagens para que fosse evitado permanecer nas ruas de localidades como Fazenda dos Mineiros, Itaóca, Praia da Luz, Itaúna, Estrada da Conceição, além de Jardim Miriambi e Anaia. Haviam também rumores que traficantes promoveríam ataques para incendiar ônibus e tocaia para surpreender policiais militares que estivessem de serviço durante o fim da noite e a madrugada. Nada foi confirmado nas primeiras horas da manhã, à exceção de vários estabelecimentos comerciais, que não abriram as portas nas mesmas localidades. No Rio, nos bairros da Glória e Catete, na Zona Sul, vários comerciantes foram obrigados a fecharem as portas pelo segundo dia seguido.

Ainda na manhã desta terça (27) surgiram mais rumores, dando conta que mesmo com o policiamento intensificado no município de São Gonçalo, coordenadores de transporte de várias linhas de ônibus das empresas Rio Ita e Tanguá, foram orientados a recolherem os carros das linhas 040, 14, 39, 31 e 517 M, devido a morte de Fat Family. Haviam informes (não constatados) que traficantes ateariam fogo em coletivos. Também nada conformado. Do Terminal Rodoviário João Goulart, no Centro de Niterói, a movimentação de chegada e saída de coletivos em direção ao bairro Fazenda dos Mineiros esteve normal (sem interrupção) pelo menos até a tarde de ontem, sem qualquer ordem de interrupção do fluxo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × dois =