População apresenta demandas a candidatos

Na reta final da campanha política, os candidatos a prefeitura de Niterói estiveram mais um dia na rua levando suas propostas para a população e ouvindo sobre as maiores necessidades de cada bairro. O candidato pelo PSL, Deuler da Rocha participou de uma carreata pelas ruas de Niterói. Por diversas vezes Deuler desceu do carro para ouvir demandas e queixas dos moradores.

“Vamos fazer carreatas quase que diariamente pelas principais vias da cidade, onde sairemos dos carros, conversaremos com nossos eleitores e tiraremos dúvidas de quem ainda não sabe em quem votar. Temos uma quantidade de eleitores indecisos e outros que, insatisfeitos com a atual gestão, estão observando quem tem capacidade administrativa para gerir uma cidade como Niterói. E acreditamos que, com nossa experiência de 24 anos como delegado da Polícia Federal, temos a chancela necessária para conquistar esses eleitores e ir para o segundo turno. É o momento da direita conservadora tirar essa política esquerdista que se perpetua em Niterói ao longo de mais de 30 anos”, afirmou

Allan Lyra (PTC) iniciou a quinta-feira em um encontro com a Associação de Promotores do Município de Niterói (APMNIT). O candidato passou a tarde gravando novos vídeos da campanha e, em seguida, foi até à Praça Arariboia, onde pode conversar com as pessoas sobre as demandas da cidade. Allan encerrou o dia com a transmissão de uma live nas redes sociais.

“Realizei uma live para debater sobre a importância do conservador na política, visto que em Niterói esse é um perfil em extinção, o que prejudica o debate democrático em nossa cidade”, disse”.

Axel Grael, do PDT, garantiu que vai focar seu governo em fortalecer as vocações econômicas de Niterói. Segundo ele, o Mercado Municipal será o responsável por atrair produtores da cidade e do interior do estado. Para conter o colapso econômico, a Prefeitura de Niterói criou programas para garantir a manutenção de milhares de empregos, como o Renda Básica Temporária, que Grael vai manter até a chegada da vacina.

“A pandemia da Covid-19 trouxe impactos inevitáveis para a economia de todo o país. Em Niterói, implantamos programas econômicos para reduzir esses impactos, garantindo condições para uma retomada. A casa está arrumada, a cidade está com suas contas em dia e com a gestão fiscal organizada. Niterói está mais forte e unida para a retomada econômica”, disse Grael.

Além das atividades na rua, Felipe Peixoto (PSC), assinou uma carta compromisso com o Fórum Brasileiro de Economia Solidária. Ele reforçou que vai manter todas as políticas de apoio adotadas pela Prefeitura durante a pandemia e ratificou a importância do auxílio do município aos pequenos empreendedores. Em uma das reuniões, Felipe lembrou o Dia da Cultura, 5 de novembro, reafirmando que, além do Centro de Tradições Nordestinas no Largo da Batalha, vai criar espaços culturais na Região Oceânica e Zona Norte, e transformar o Centro em um polo cultural.

“Niterói é uma cidade milionária, mas tem a maioria dos seus equipamentos culturais concentrados na Zona Sul. Vamos mudar isso e pulverizar cultura pela cidade”, afirmou Felipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + 11 =