Pombo é encontrado morto com droga no pescoço em presídio

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) informou que um pombo foi encontrado morto no presídio Carlos Tinoco da Fonseca, em Campos dos Goytacazes, com um pequeno saco de 200 gramas de cocaína amarrados no pescoço.

Segundo a SEAP, os policiais penais perceberam uma movimentação atípica de aves pousando nas áreas comuns do presídio ao longo da semana e passaram a fazer um monitoramento. Ontem (17), os agentes se depararam com uma ave, que estava sem se mexer, enquanto realizavam uma vistoria diurna na penitenciária.

O material encontrado no animal foi encaminhado para a 146ª DP, em Campos, onde o caso foi registrado.

A Polícia Civil informou que não foi possível os agentes penitenciários identificarem de quem ou para quem era a droga. Também foi informado que alguns gatos circulam pela localidade e acabam acessando as dependências do presídio e acredita-se que um dos gatos tenha matado o pombo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.