Polvo é protagonista de festival no Rio

Com um sabor marcante, textura tenra e carne macia, o polvo conquista cada vez mais o paladar dos brasileiros. Além disso, é uma ótima fonte de proteína e possui ômega 3, que traz diversos benefícios para a saúde. Para agradar aos comensais, o restaurante Rampinha, na Praça da Bandeira, no Rio, promove, em novembro, um festival de polvos com opções saborosas como o Polvo Rampinha, acompanhado de camarão e legumes (R$95 para 1 pessoa, R$180 para 2 pessoas), o Polvo e Açafrão, com arroz de açafrão e batatas coradas (R$89 para 1 pessoa, R$175 para 2 pessoas) e o Polvo Light, acompanhado de legumes ao vapor (R$89 para 1 pessoa, R$175 para 2 pessoas).

O restaurante, tradicionalmente português, costuma investir em festivais com pratos diferentes do bacalhau – carro chefe de casa – para atrair o público. A adega do local – cuidadosamente elaborada pelos donos – é uma atração à parte e garante uma ótima harmonização com as receitas de polvo que fazem parte do festival.

Criado pela família Tomaz Correia, em 1989, a casa tinha, inicialmente, um cardápio focado em comida caseira. A família portuguesa, porém, decidiu criar um diferencial para conquistar mais clientes e idealizou, a partir de um restaurante da região do Porto com o mesmo nome, uma casa tipicamente de Portugal. Quase 30 anos depois, o Rampinha é destaque na Praça da Bandeira, que vem sendo considerada um novo pólo gastronômico na cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − sete =