Policial de folga é assassinado em Maricá

Augusto Aguiar –

Um sargento da Polícia Militar, identificado como Anchises Avelino de Azevedo Neto, de 47 anos, foi executado na noite de domingo (14), na comunidade Saco da Lama, em Maricá. Segundo informações da PM, o policial era lotado na 6ª Cia do 12º BPM (Niterói). Até a tarde de ontem, nenhum suspeito pelo crime havia sido localizado. Uma recompensa de R$ 5 mil foi oferecida a quem fornecer informações sobre os assassinos do militar.

Segundo informações, o PM estava de folga e desarmado no momento em que teria sido atacado. A polícia foi acionada para a Rua Professor Joaquim Mendes, e ao chegarem no local, os agentes identificaram o militar. O corpo do policial estava ao lado de uma motocicleta. Ele estava na polícia há 20 anos e tinha três filhos. O crime passou a ser investigado pela Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG).

O Portal Procurados, da Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, informou que, com a morte do sargento Anchises, chegou a 107 o número de agentes de segurança assassinados no Rio em 2018. Foram 82 da Polícia Militar, seis da Polícia Civil, quatro agentes da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), sete do Exército, um da Guarda Municipal, um da Polícia Federal, um da Polícia Rodoviária Federal, dois da Marinha, dois do Corpo de Bombeiros e um da Aeronáutica. O portal recebe informações pelo Disque Denúncia no telefone (21) 2253-1177 ou no aplicativo para celular. Para fazer a denúncia não é preciso se identificar.

Executado na Baixada – Leandro Marques Verli, de 39 anos, agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi morto, na manhã de ontem, com um tiro na cabeça dentro de seu carro na Rua Nilópolis, no bairro Tomazinho, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Agentes investigam se ocorreu uma tentativa de assalto na ocorrência. A Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) esteve no local do crime e fizeram trabalho de perícia.

Segundo a Polícia Militar, policiais do 21º BPM (São João de Meriti), foram acionados para checar um veículo abandonado. Quando as equipes chegaram ao local, encontraram o agente baleado dentro do carro, modelo um Range Rover. Os agentes procuram possíveis testemunhas e imagens de câmeras que ajudem a identificar a autoria do crime. Em nota, a PRF informou que o agente ingressou na corporação em 2003 e era lotado em Resende, Sul Fluminense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 17 =