Policiais do CPAm já ocupam a Fazenda Colubandê

Vítor d’Avila

Policiais militares do Comando de Policia Ambiental (CPAm) já ocupam, ainda que de forma extraoficial, a Fazenda Colubandê, no bairro de mesmo nome, em São Gonçalo. Após anos de abandono, os agentes fazem trabalho de readequação para retomar as atividades.

De acordo com os policiais, as atividades começaram há aproximadamente 20 dias. O local, considerado ponto turístico de São Gonçalo, vai recebendo adequações em seu entorno para abrigar, de forma definitiva, a unidade policial.

Estão sendo feitos trabalhos como reforma dos meios-fios e cercados; colocação de luzes de Natal; e o gramado em volta do edifício está sendo aparado. Segundo os policiais, o objetivo das intervenções é dar uma aparência melhor ao lugar.

Entretanto, ainda há um empecilho para a restauração do casarão, por ser um edifício tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) desde 1940. Segundo os policiais, há ainda trâmites burocráticos a serem solucionados.

“A gente está fazendo uma limpeza no entorno, porque a fazenda estava abandonada muito tempo com mato alto, essas coisas, a gente está fazendo iluminação de Natal. A restauração propriamente dita do casarão ainda não iniciou. Como é um prédio tombado, existe uma certa burocracia para começar a revitalização”, afirmou um dos policiais que trabalha na readequação.

O CPAm informou que está em processo de transição para a nova sede, que irá ficar estabelecida em São Gonçalo. Gradativamente, todo o aparato da unidade está sendo retirado da sede antiga, na Avenida Itaóca, em Bonsucesso, Zona Norte do Rio de Janeiro, e levado para a Fazenda Colubandê.

Histórico

Até o ano de 2012, o local abrigou o antigo Batalhão Florestal da PM, que antecede o CPAm. Em 2017, a unidade voltou a funcionar no local, sob a denominação de Batalhão de Polícia Florestal e Meio Ambiente (BPMA), mas por um breve período. Em Janeiro de 2020, durante cerimônia de inauguração da Operação Segurança Presente, em São Gonçalo, o agora governador afastado Wilson Witzel confirmou a reativação da unidade, agora como CPAm. O retorno foi consumado em reunião realizada no final de novembro, envolvendo os órgãos responsáveis pela Fazenda Colubandê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + seis =