Polícia sufoca disputa entre facções no Santo Cristo

Ações das polícias Militar e Civil, ao longo dos últimos dias, têm enfraquecido a disputa entre criminosos de facções rivais pelo controle do tráfico de drogas em comunidades da região do Santo Cristo, no Fonseca, Zona Norte de Niterói. Nessa segunda-feira (31), enquanto agentes da 77ª DP (Icaraí) prenderam uma das lideranças do Terceiro Comando Puro (TCP), militares do 12º BPM (Niterói) entraram em confronto com suspeitos de tráfico, apontados como integrantes do Comando Vermelho (CV).

No final da tarde, os militares, que atuam em ação de ocupação na localidade, foram a um endereço na Travesso do Santo Cristo, para averiguar informação do Disque Denúncia, sobre possível ação de traficantes. No local, os agentes afirmam terem se deparado com 18 criminosos, armados, que atiraram contra as viaturas. Os policiais revidaram, iniciando a troca de tiros.

No confronto, três suspeitos acabaram baleados. Dois deles acabaram morrendo e um foi socorrido ao Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL), onde recebe atendimento e está sob custódia. Os corpos dos demais foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) da cidade. A Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói realizou a perícia no local.

Houve apreensão de um fuzil calibre 5.56; 75 munições cal. 5.56; duas pistolas; dois carregadores; 40 munições calibre 9mm; seis rádios transmissores além de drogas a serem contabilizadas. Todo o material apreendido também foi levado para a Delegacia de Homicídios. Segundo a PM, os dois mortos e o suspeito internado são originários da Comunidade da Vila Ipiranga.

Na manhã de segunda, foi preso mais um homem, apontado como envolvido na disputa entre facções criminosas pelo controle do tráfico de drogas na comunidade do Santo Cristo, no Fonseca, Zona Norte de Niterói. O suspeito foi achado em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos, após fugir da “guerra” entre Terceiro Comando Puro (TCP) e Comando Vermelho (CV).

Uma equipe de policiais civis da 77ª DP (Icaraí) foi à São Pedro da Aldeia com objetivo de cumprir mandado de prisão contra Wallace da Silva Pinto, conhecido como “Bola”. Segundo a distrital, a localização do suspeito foi descoberta após cruzamento de dados do setor de inteligência da delegacia. Contra ele, foi cumprido mandado de prisão e, em seguida, o suspeito foi encaminhado ao sistema prisional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.