Polícia prende foragido da operação ‘Parque Livre’ em Arraial do Cabo

A Polícia Civil prendeu Sandro de Souza Motta na Operação ‘Parque Livre’. Ele estava foragido e é acusado de fazer parte da organização criminosa que promovia invasão e exploração de terrenos no Parque Estadual Costa do Sol, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos. Ele se entregou na 132ª DP, em Arraial do Cabo. O ex-prefeito do município, Renato Vianna, é apontado como o líder da organização e ainda está foragido.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), informou que entre os denunciados, estão o ex-prefeito de Arraial do Cabo, Renato Vianna, e seu vice à época, Sérgio Lopes de Oliveira Carvalho, mais conhecidos como ‘Renatinho Vianna’ e ‘Serginho Gogó’, além do policial militar da reserva Márcio Veiga (‘Márcio Galo’), nomeado secretário de Ordem Pública; seu irmão Josimar Veiga de Oliveira (‘Zima’), ex- sub-secretário de Meio Ambiente; e Márcio Croce, então titular da mesma pasta. O MPRJ ainda informou que PMs e bombeiros militares também fazem parte do grupo.

O grupo, que era formado por integrantes da prefeitura, do Instituto Estadual do Ambiente e do próprio parque, promovia loteamentos ilegais em áreas não edificáveis, e conseguiam vantagem indevida com o parcelamento, venda e exploração do solo. A prática da organização visava pessoas em situação de vulnerabilidade e que necessitavam de moradia, oferecendo terrenos ‘baratos’ para a construção de uma casa com fornecimento do chamado ‘kit invasão’, composto por pequena porção de terra, tijolos, telhas e demais materiais.

O ex-vice-prefeito do município, outro alvo da operação, foi localizado e assinou termo de compromisso de medida cautelar restritiva de liberdade, que consiste em proibição de entrada nas dependências do Parque Estadual Costa do Sol, inclusive escritório administrativo, como em quaisquer de seus escritórios e/ou sedes; proibição de contato com quaisquer agentes, guarda-parques, fiscais ou funcionários da unidade de conservação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 9 =