Polícia Civil identifica cinco dos suspeitos de estuprar mulher em São Gonçalo

A Polícia Civil informou nesta segunda-feira (24) que já identificou cinco suspeitos de terem participado do estupro coletivo de uma mulher de 34 anos em São Gonçalo, além dos dois adolescentes que já tinham sido apreendidos no dia do crime. A vendedora estava em um bar na comunidade onde vive, na madrugada de 17 de outubro, quando foi abordada pelos suspeitos e levada a um local para ser estuprada.

O crime foi flagrado por policiais militares, que faziam uma operação contra o tráfico de drogas na comunidade. Os dois adolescentes foram detidos e os demais suspeitos conseguiram fugir. A vítima informou que cerca de dez homens participaram da agressão.

A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de São Gonçalo, encaminhará nesta segunda um ofício à Secretaria Estadual de Direitos Humanos solicitando a inclusão da vítima em um programa de proteção. A informação foi divulgada pela Polícia Civil.

Segundo a delegada Débora Rodrigues, policiais fizeram diligências no domingo (23) no bar onde a vítima foi abordada pelos agressores na madrugada de 17 de outubro e no local do estupro. No último sábado (22), a vítima prestou mais um depoimento à Polícia Civil, quando confirmou a participação de cerca de dez homens no crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − quatro =