Polícia investiga quadrilha especializada em roubo de remédios

Geovanne Mendes –

A Polícia Civil continua fazendo diligências para poder identificar e desmantelar uma quadrilha especializada em roubos em clínicas para tratamentos de doenças crônicas e cujos remédios são caros, sendo este o alvo dos bandidos, que depois de roubá-los revendem no mercado negro para atravessadores. A investigação foi desencadeada depois que na última sexta um homem rendeu funcionários de uma clínica de Oncologia em Icaraí, um homem foi ferido no peito e o estado de saúde dele, de acordo com o Complexo Hospitalar de Niterói, é estável. Bruno Figueiras, de 35 anos, é funcionário da clínica e durante o assalto entrou em luta corporal com o bandido, que reagiu com um tiro a queima roupa no peito do funcionário.

Nesta segunda-feira (22) o clima na Rua Lopes Trovão, em Icaraí, endereço do edifício Espaço Comercial Elite, onde fica a clínica, ainda era de temor e apreensão entre os comerciantes e moradores da região.

“Estou apavorada, eu tenho uma loja de roupas aqui perto e sinceramente nunca havíamos passado por isso antes. Agora os bandidos não respeitam nem as clínicas médicas. As pessoas já estão lá, na clínica, passando por problemas de saúde e ainda são obrigadas a passar por isso”, comentou uma empresária vizinha ao prédio comercial.

“Eu vi o momento em que o bandido passou correndo guardando a pistola. Uma infelicidade tudo isso, até por que conhecemos o Bruno, ele come aqui todos os dias e jamais poderíamos imaginar isso. Entregamos as imagens das câmeras de segurança para a polícia e espero que consigamos encontrar esse marginal”, contou o proprietário de um restaurante.

De acordo com o comandante do 12º BPM, coronel Márcio Rocha, trata-se de uma quadrilha que se especializou em roubos de remédios caros para tratamentos de doenças como o câncer por exemplo. Segundo ele, a polícia militar e civil estão em parceria para identificar os bandidos e o autor do disparo que vitimou o funcionário da clínica Bruno Figueiras.

“Eles roubam esses remédios e revendem para o mercado negro. Sabem quais medicamentos devem levar e nenhuma hipótese deve ser descartada. O carro abandonado pelo marginal, um Honda Civic, foi levado para a 77 Delegacia em Icaraí e as impressões digitais já foram colhidas. Questão de tempo e ele será localizado e preso”, comentou o comandante.

No final de semana a clínica postou mensagens nas redes sociais desejando força ao funcionário. “Queridos amigos, ainda desolados com o ocorrido mas confiantes na pronta recuperação do nosso querido Bruno Figueira, agradecemos as incontáveis manifestações de carinho e o suporte que temos recebido. Temos certeza que superaremos este momento para continuarmos, junto com todos vocês, na nossa luta diária. Muito obrigado. #forçabruno”, dizia a mensagem.

O Assalto
Por volta das 14 horas desta sexta-feira um assaltante invadiu uma clínica de Oncologia, no quarto andar do edifício Espaço Comercial Elite, na Rua Lopes Trovão, em Icaraí, rendeu os funcionários do estabelecimento médico e levou duas caixas com cerca de 50 frascos para tratamento de câncer. Cada ampola custaria em torno de R$ 20 mil. Na saída do prédio entrou em luta corporal com um dos funcionários da clínica, Bruno Figueiras, de 35 anos, disparando um tiro no peito do rapaz. O bandido acabou deixando o material do roubo jogado na calçada e fugiu correndo em direção à praia de Icaraí.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 3 =