Polícia investiga o sequestro e execução de vítima por traficantes

Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) estão investigando o assassinato do encarregado de manutenção de máquinas, Gleidson da Silva Gimenez, de 30 anos, que segundo informações foi sequestrado e executado por criminosos ligados ao tráfico do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. As circunstâncias do crime ainda não foram esclarecidas. Gleidson era casado e pai de dois filhos.

O corpo da vítima foi incendiado, na madrugada de sábado (23), junto com um veículo, uma caminhonete modelo Montana, de cor branca, da empresa em que vítima trabalhava, na Rua Maurício de Abreu, no Barreto, Niterói. Os agentes apuraram que Gleidson havia saído de casa, no bairro São Joaquim, em Itaboraí, junto com um sobrinho de 16 anos, morador de Niterói. Câmeras de monitoramento da Polícia Rodoviária Federal (PRF) registraram a passagem do carro dele no bairro Porto do Rosa, onde ocorria um baile funk.

A polícia foi informada que Gleidson e o sobrinho foram abordados e sequestrados por traficantes do Salgueiro, que estavam no baile, e levados para a comunidade. Logo em seguida, os criminosos libertaram o adolescente e executaram Gleidson. Logo depois levaram o carro até o Barreto, com o corpo da vítima e incendiaram o veículo, na madrugada de sábado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 10 =