Polícia investiga assalto ousado em casa de festas de Jurujuba

A Delegacia de Jurujuba (79ª DP) passou a investigar, desde a manhã de terça-feira (05) a ação ousada de uma quadrilha, que invadiu e roubou uma badalada casa de festas, situada na avenida Carlos Ermelindo Marins, em Jurujuba, na Zona Sul de Niterói. Horas antes, a banda de forró Calcinha Preta havia acabado de ser apresentar para uma platéia estimada em cerca de 800 pessoas. O montante do roubo não foi divulgado pela direção, mas segundo relatos os bandidos (que usavam máscaras) conheciam toda logística da casa de festas e até conheciam as vítimas pelo nome.

De acordo com os mesmos relatos, por volta das 07 horas da manhã, após o término do show da banda de forró, que começou ainda na noite de segunda-feira (04), um grupo de bandidos armados com pistolas e usando máscaras invadiu a casa de festas pelos fundos, através de uma área de mata, e foi direto até o segundo nível do estabelecimento, a princípio sem despertar a atenção dos técnicos e seguranças que trabalhavam em outro local, desmontando e armazenando o equipamento do show. Abanda já havia deixado o local

Na administração estava o proprietário do casa de festas (que preferiu não se identificar), e que se preparava para efetuar o pagamento de funcionários e técnicos que trabalharam no evento. Pelo menos quatro bandidos permaneceram nesse local e agiram com violência, agredindo a vítima e outras pessoas. Enquanto isso, parte do bando se deslocou para a parte da frente da casa de festas onde também ainda havia algumas pessoas. Quase que simultaneamente, os bandidos que estavam no segundo nível da casa passaram a roubar o dinheiro da bilheteria (montante não mencionado) e mostrando conhecimento da logística do local, roubaramu também outras vítimas que es preparavam para receber o pagamento pelo trabalho na noite, chamando-as pelo nome. Várias vítimas tiveram seus pertences, dinheiro e celulares roubados, o mesmo acontecendo com outras pessoas que estavam na parte da frente da casa de festas, que nesse momento foram surpreendidas com o assalto, que ocorreu de dentro para fora dos estabelecimento.

Na fuga, mais uma vez pela área de mata situada atrás da casa de festas, os bandidos abandonaram duas mochilas contendo garrafas de whisky, champanhe, e aparelhos de celulares que foram recuperados na trilha. Todo o dinheiro foi levado pelo bando. Bastante abalado, o proprietário da casa de festas, com marcas de agressão no rosto, preferiu não dar declarações sobre o assalto, que foi registrado na 79ª DP, que realizou perícia e requisitou imagens de câmeras de segurança para buscar e identificação da quadrilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *