Polícia identifica homens que picharam igreja

Dois suspeitos de pichar a fachada da capela de São Pedro da Serra, distrito de Friburgo, na Região Serrana, foram identificados e detidos ontem (17) pela polícia. Os homens, de 29 e 34 anos, prestaram depoimento e foram liberados em seguida, já que o caso é tratado como crime de preconceito (Lei 7716/89). Um terceiro suspeito conseguiu fugir.

O grupo foi flagrado por câmeras de segurança enquanto pichavam a igreja e também muros e calçadas próximos a capela, com frases contra o candidato Jair Bolsonaro. Segundo a Polícia Civil, o crime, que aconteceu no último dia 14, continua sendo investigado e a pena em caso de condenação vai de dois a cinco anos de reclusão.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, moradores ajudaram na identificação dos suspeitos e informaram que o clima está bastante acirrado na cidade por conta da campanha presidencial, o que teria motivado as pichações.

A linha de investigação trata o crime como preconceito, conforme a Lei 7716/89. A Polícia Civil informou que as investigações continuam e estão sendo colhidos depoimentos e novas imagens de câmeras de segurança. A pena para este tipo de crime é de 2 a 5 anos de reclusão.

Os moradores ajudaram na identificação dos suspeitos e, de acordo a Polícia Civil, informaram que há uma “polarização em torno da campanha presidencial” no distrito e que os pichadores resolveram desenhar os símbolos nazistas por causa de convicções políticas.

Um comentário em “Polícia identifica homens que picharam igreja

  • 18 de outubro de 2018 em 15:44
    Permalink

    Que absurdo ! Será que esses pichadores não tem parentes, amigos ou conhecidos religiosos? Fico pensando naquelas senhoras que frequentam a missa. Me dói o coração ver uma barbaridade dessas. O respeito pela democracia começa com a preservação da integridade moral, política e religiosa do próximo. É imprescindível que os vândalos sejam punidos conforme a lei. Espero que os mesmos sejam punidos conforme a lei. Em minha opinião os mesmos deveriam limpar, lixar e pintar a fachada da igreja.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *