Polícia Federal realiza operação contra organização criminosa

A Polícia Federal realizou hoje (25) uma operação contra o crime organizado dando cumprimentos a 27 mandados de prisão preventiva e dez mandados de busca e apreensão em seis estados, dentre eles o Rio de Janeiro onde o objetivo é o cumprimento de sete destas ordens. Os demais estados são Minas Gerais, cinco mandados, São Paulo, nove mandatos, Mato Grosso do Sul, três mandados, Pernambuco, dois mandados, e Pará, um mandado. A ação, chamada de Expurgo (Limpeza), combateu líderes e integrantes chaves em uma das principais organizações criminosas do país.

As ordens judiciais foram emitidas 2ª Vara Criminal da Comarca de Bangu, Rio de Janeiro. As autuações são devido aos crimes de crimes de tráfico de drogas e armas, “sem prejuízo de outras condutas ilícitas eventualmente identificadas no decorrer das investigações”. Como saldo a operação teve 20 pessoas presas e os 10 mandados de busca e apreensão efetuados.

De acordo com a Polícia Federal, foi apurada também que a comunicação da organização criminosa era facilitada pelo uso de aplicativos e orientava a divisão de tarefas, permitindo a definição de atividades diárias, a realização de debates e a tomada de decisão; bem como a difusão de diretrizes a serem adotadas pelos membros e o monitoramento das atividades das forças de segurança estaduais.

Iniciada em dezembro de 2018, a coleta de informações para a realização da operação apontou a meta dos criminosos em expandirem as suas atividades ilícitas no Rio de Janeiro até mesmo fazendo parcerias com outros grupos criminosos presentes no estado.

A facção se demonstrou fortemente estruturada com hierarquias, a presença de regras, um dicionário próprio e até mesmo “penas” em casos de desobediência. Líderes do grupo presos ainda davam ordens mesmo de dentro de presídios estaduais. Treze integrantes já estavam presos.

Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =