Polícia faz megaoperação em Niterói e SG contra acusados de sequestrar helicóptero

A Polícia Civil está à caça dos envolvidos no sequestro de um helicóptero. Policiais da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), com apoio de agentes da Polícia Federal, realizam a segunda fase da Operação Águia Sempre, nesta quarta-feira (27).

O objetivo principal é o cumprimento de mandado de busca e apreensão em endereços da pessoa identificada como a responsável por realizar o pagamento do voo que vitimou o piloto Adonis Lopes Oliveira na tentativa de resgate a presos no presídio Vicente Piragibe, no Complexo de Bangu, unidade destinada a membros da maior facção criminosa do estado.

Outro alvo da operação é um dos homens que sequestrou o helicóptero. Há um mandado de prisão aberto contra ele. As equipes atuam nas cidades de Niterói e de São Gonçalo.

A primeira etapa da operação apreendeu o dinheiro usado no pagamento do trajeto aéreo, no valor de R$ 14,5 mil, e identificou os criminosos que participaram diretamente da ação. Desde então os dados foram compartilhados com a Polícia Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + dezenove =