Polícia encontra corpo de recém-nascido em Niterói

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG) foi acionada, na madrugada dessa segunda-feira (30), para a Rua Vereador José Vicente Sobrinho, no Barreto, Zona Norte, onde foi registrado o encontro de um cadáver de um bebê-recém nascido, ainda com cordão umbilical. O bebê, do sexo feminino, foi encontrado, por volta das 03 horas da manhã, junto a uma lixeira por um catador de latinhas.
A polícia foi acionada pelo catador, de 19 anos, que ao achar o corpo inicialmente procurou os militares de serviço, no Destacamento de Policiamento Ostensivo (DPO) do bairro Engenhoca. Ao serem informados, os PM foram até o local do fato e depois acionaram a DHNSG. O local foi periciado e os policiais constataram que o bebê ainda estava com cordão umbilical.
feminino)

Casos como esse estão se repetindo no eixo Niterói-São Gonçalo. No último dia 24, por exemplo, populares encontraram um feto dentro de uma caixa, num terreno baldio, na Estrada do Malafaia, no bairro Galo Branco, São Gonçalo. No dia 5, outra ocorrência do gênero, dessa vez no bairro Amendoeira, também em São Gonçalo, onde o cadáver de outro bebê (em estado de decomposição) foi encontrado num terreno baldio, situado nas imediações da Escola Municipal Antônio Carlos Jobim. No dia 27 do mês passado, um bebê foi encontrado por um estudante (felizmente vivo), abandonado embaixo de um carro, no bairro Porto da Madama, em São Gonçalo. A polícia investigou esse último caso e conseguiu identificar e localizar a mãe da criança.

Também, no fim de semana, outro bebê recém-nascido foi abandonado e encontrado, sábado (28), na Rua Guanumbi, próximo à Estrada de Três Rios, na Freguesia, Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. Acionados por moradores, policiais do 18º BPM (Jacarepaguá) levaram o bebê para a maternidade Leila Diniz, na Barra da Tijuca, onde ficou internada em observação.

Ainda, na Zona Oeste, no dia 3, policiais militares encontraram mais um recém-nascido dentro de uma caixa de papelão, no bairro da Taquara. O bebê foi achado vivo, na esquina da Estrada do Cafundá com a Travessa Coxim. A polícia patrulhava a região quando um morador alertou sobre a criança. O bebê foi levado para uma clínica onde foi medicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *