Polícia desarticula quadrilha de sequestros relâmpago em Niterói

Policiais civis, da 77ª DP (Icaraí), desarticularam uma quadrilha especializada em crimes conhecidos como sequestros relâmpagos que fez diversas vítimas em Niterói. Os envolvidos foram autuados por extorsão mediante sequestro e associação criminosa. O mentor da quadrilha foi preso após os agentes realizarem monitoramento, na terça-feira (02) nos bairros do Centro, São Domingos, e Piratininga.

Durante as investigações a polícia apurou que o bando seria do Morro do Estado, no Centro, e entre os envolvidos algumas lideranças da facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP). Eles foram identificados como Isac Junior de Oliveira Moreira, o Daka, e Sandro de Oliveira Soares Lima, o conhecido como Perna.

A dupla, segundo a polícia, era responsável pela “parte operacional” da quadrilha, rendendo, sequestrando, e aterrorizar as vítimas, para finalmente extorqui-las. No mesmo inquérito também foi identificado Érick Pessanha Auad, que seria o mentor do bando. Além de participar dos ataques, levando os comparsas até onde estavam as vítimas, ele também efetuava  transações bancárias, utilizando aplicativos usando os dados obtidos das vítimas.

De acordo com os investigadores, ele realizava compras, e transferia dinheiro para outras pessoas escolhidas por ele. Com o auxílio do Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), foi possível identificar que Érick usava o próprio carro, modelo Renault Logan, para o transporte dos comparsas até o ataque as vítimas.

No dia 23 de abril, Sandro de Oliveira morreu, em confronto com a PM, após manter como refém um funcionário civil do Exército, que havia rendido em São Domingos e levado para a comunidade do Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − cinco =