Polícia desarma ‘campo minado’ em comunidade de Niterói

Troca de tiros entre policiais militares e criminosos terminou com apreensão de um explosivo, no Morro do Estado, Região Central de Niterói. Em fuga, traficantes deixaram para trás uma granada, que poderia detonar a qualquer momento, levando perigo a moradores da região. Todavia, os agentes do 12º BPM (Niterói) apreenderam o material antes que uma tragédia acontecesse.

O caso aconteceu nessa quinta-feira (17). Segundo informações dos agentes, uma equipe de Patrulhamento Tático-Móvel flagrou criminosos atuando no tráfico, na Rua Jornalista Moacir Padilha, Na tentativa de abordagem, os militares afirmam terem sido atacados, mas não revidaram. Em fuga, os bandidos teriam deixado para trás a granada, material para endolação e um rádio transmissor.

Os policiais conseguiram localizar e apreender todo o material, que foi conduzido à 76ª DP (Niterói), onde o caso foi registrado. O artefato explosivo será encaminhado ao esquadrão antibombas da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE) da Polícia Civil, onde deverá ser detonado e destruído.

Horas depois, uma equipe da Força de Ações Táticas (FAT), em policiamento na Rua Nossa Senhora das Graças, Comunidade do Viradouro, observou que três homens, que estavam na região, fugiram ao ver a viatura. Ao chegar no local onde eles estavam, os agentes encontraram drogas, que teriam sido deixadas pelos acusados.

Drogas foram encontradas onde criminosos estavam no Viradouro – Foto: Divulgação/PMERJ

Segundo contabilidade feita pelos policiais, havia 114 pinos de cocaína, 45 trouxinhas de maconha e 92 pedras de crack. Os militares ainda levaram um homem, de 18 anos, à delegacia para averiguação, no entanto, ele foi ouvido e liberado por falta de provas. A ocorrência foi registrada pela 77ª DP (Icaraí).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 3 =