Operação contra tráfico e roubo de residências

Augusto Aguiar

Agentes de várias delegacias do 4º Departamento de Polícia de Área (4º DPA), em Niterói, e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), deflagraram, na manhã de terça-feira (22), a Operação Kasparov, com objetivo de desarticular uma organização criminosa, formada por traficante e assaltantes de residências, que atuavam em conjunto. Os principais alvos dos criminosos eram residências de alto padrão em Niterói. Seis pessoas foram presas e conduzidas para a 76ª DP (Centro), onde foram autuadas por tráfico, roubo e associação criminosa.

Os bandidos, de acordo com a polícia estavam envolvidos em mais de cem ocorrências do tipo na cidade, agindo sempre com violência contra as vítimas. A base dos marginais era nas comunidades conhecidas como Complexo de Santa Rosa, na Zona Sul de Niterói, como os morros da Viradouro, Grota, Igrejinha, Ititioca, e localidades próximas. A operação é desdobramento de outras mais antigas, que ao longo dos últimos dois anos, vem desarticulando gradativamente a organização, que levou muito pânico ao município, sobretudo entre os anos de 2018 e 2019. Nesse período ao menos 24 pessoas foram presas, e a justiça expediu ao menos 63 mandados de prisão para a ação de ontem. Um dos líderes organização, Calebe Deodoro Marins, o Calebe, morreu em confronto com a polícia, no ano passado.

“O Objetivo foi reprimir o tráfico e roubos de residências. Esses criminosos eram ligados ao tráfico, que por sua vez fornecia armas. As lideranças criminosas além da venda de drogas, também comandavam as ações dos roubos. Várias dessas lideranças atuavam de dentro da cadeia. Os mandados são de prisão preventiva”, explicou o titular da 76ª DP (Centro), delegado Luiz Henrique Pereira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =