Polícia deflagra operação contra esquema de fraude milionário na Fundação Leão XIII

O Departamento de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR-LD) da Secretaria de Polícia Civil deflagrou na manhã dessa terça-feira (30) a Operação Catarata, que investiga um esquema milionário de fraudes, envolvendo a Fundação Leão XIII, com montante de cerca de R$ 66 milhões. Nas primeiras da manhã, pelo, menos cinco pessoas haviam sido presas em cumprimento de Mandados de Prisão Temporária, além de Busca e Apreensão.

A ação, que tem parceria da Controladoria Geral do Estado (CGE-RJ) e do Ministério Público do Rio (MPRJ), tem como objetivo apurar a prática dos crimes de associação criminosa, fraudes licitatórias contra a administração pública, falsidade ideológica e crimes conexos. Também foi decretado o bloqueio das contas dos investigados junto ao Banco Central. A investigação surgiu a partir de apurações preliminares realizadas pela Superintendência de Investigações Especializadas da CGE-RJ, que apontaram que a empresa Servilog Rio Consultoria e Assessoria Empresarial LTDA, entre outras, participaram de procedimentos licitatórios da Fundação Leão XIII de forma fraudulenta entre os anos de 2015 e 2018. A Fundação Leão XIII também é alvo de buscas, em sua sede no Centro do Rio.

Nos pregões eletrônicos que ocorreram nesse período, foram realizadas quatro contratações em que há suspeita da ocorrência de fraudes, que, somando o valor dos contratos, totalizam aproximadamente R$ 66 milhões. As licitações foram para a aquisição de 560 mil armações de óculos, 560 mil consultas oftalmológicas e 560 mil exames de glicemia. As investigações apontam que, em todos os pregões realizados, foram praticadas fraudes nos procedimentos licitatórios envolvendo, além da Servlog Rio, as empresas Tercebrás Serviços Eirelli, Grupo Galeno Distribuidora de Material Médico Hospitalar LTDA e Riomix 10 Serviços. A intenção dos investigados era apenas dar aparência de competitividade às concorrências, para que ao final, a empresa vencedora fosse a Servlog Rio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 − cinco =