Polícia Civil fecha fábrica clandestina de adoçantes no Fonseca

Na noite de ontem (30) policiais da 78º DP (Fonseca) deram fim as atividades de uma fábrica clandestina de adoçantes. A atividade ilegal acontecia em um galpão da Rua São Januário, no mesmo bairro da unidade policial, e foi denunciada. No local os agentes encontraram o responsável pelo estabelecimento, Rogério da Silva Tougeiro, de 52 anos, e apreenderam 1.386 frascos contendo o líquido produzido pela fábrica. O proprietário responde por falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de substância ou produto alimentício. O acusado não apresentou nenhum documento que autorizasse o funcionamento ou a fabricação de qualquer produto do gênero alimentício.

O material apreendido será encaminhado para perícia onde será analisado. Na manhã de hoje Rogério foi levado para a central de flagrantes de Niterói, 76ª DP (Centro) e posteriormente permanecerá à disposição da justiça no sistema prisional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 1 =