PMs realizam megaoperação em comunidades das zonas Norte e Sul de Niterói

Várias comunidades situadas nas zonas Sul e Norte de Niterói amanheceram ocupadas nessa sexta-feira (20), por policiais militares do 12º BPM e agentes do Comando de Operações Especiais (COE) – Batalhão de Ações com Cães (BAC) e Batalhão de Choque (BPChq). A megaoperação se estendeu para comunidades do Complexo de Santa Rosa, como Viradouro, Souza Soares, Grota, e Morro do Cavalão, por exemplo.

Na Zona Norte, algumas horas após o ataque de criminosos que resultou na morte do policial militar Leonardo Oliveira dos Santos, de 31 anos, conhecido como cabo Santos, lotado no 12º BPM (Niterói), às margens da Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104), no fim da tarde de quinta-feira (19), as localidades que compõem o Complexo do Caramujo amanheceram ocupadas por tropas de elite do Batalhão de Ações com Cães.

O cabo Santos morreu ao ser atingido por um tiro na cabeça, quando foi atacado a tiros por criminosos oriundos do Complexo do Caramujo. O crime causou grande comoção na cidade, sobretudo entre companheiros de corporação. Pela manhã, o trânsito chegou a ser interrompido na Rua Mário Viana, principal via de acesso as comunidades do Complexo de Santa Rosa. Tanto na Zona Sul, quanto na Zona Norte, as ações estão tendo suporte de veículos blindados e helicópteros do Grupamento Aeromóvel (GAM). Ainda não há registros de confrontos, presos, ou apreensões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *