PM volta a prender acusado de tráfico no MCMV em Maricá

Após receberem informes sobre a ação de traficantes agindo nas dependências do empreendimento Minha Casa Minha Vida, policiais militares da 6ª Cia do 12º BPM foram ao local na segunda-feira (05) e constaram que criminosos estariam usando apartamentos no conjunto residencial de Inoã, na Rua Leonardo José Antunes, como pontos de venda de entorpecentes.

Por determinação do comandante de Cia, Capitão Barreto, a guarnição foi ao local após relatos de moradores surpreenderam num dos imóveis um casal apontado como responsável pelo abastecimento das drogas na localidade. Em outro imóvel, mais dois elementos, com uma pistola e rádio transmissor, foram presos. O balanço da ação foi: 1 pistola calibre 45, 1 rádio transmissor, 5 munições intactas, 1.085 trouxinhas de maconha e 152 pinos de cocaína.

Não é a primeira investida da polícia após denúncias de que o tráfico estaria utilizando os condomínios do Minha Casa minha Vida como base para venda de drogas. Em setembro do ano passado, policiais militares deflagraram em vários pontos da cidade de Maricá a Operação Cobra Fumando.

A ação foi bem recebida pela população, que reivindicava maior presença policial no patrulhamento do município e aumento da sensação de segurança. Na ocasião, durante a checagem de denúncias e trabalho de “varredura”, policiais deram voz de prisão para quatro pessoas, apontadas por envolvimento com o tráfico de drogas nas dependências de um condomínio, em Itaipuaçu. Participaram da ação policiais dos Grupamentos de Ações Táticas (GATs), agentes do Serviço de Inteligência (P-2), além de patamos. Condomínios do Minha Casa, Minha Vida (Itaipuaçu e Inoã) foram vasculhados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 10 =