PM reforça patrulhamento na orla fluminense

A Polícia Militar decidiu antecipar o início da “Operação Verão”, com reforço no patrulhamento em toda a orla do Estado do Rio de Janeiro. Praias da Niterói, Maricá e Região dos Lagos, por exemplo, estão inclusas no plano. A ideia é garantir a segurança de moradores e turistas. O policiamento extra já começa a ser aplicado a partir deste sábado (28).

Somente no trecho de maior movimento, entre o Leme e o Pontal, haverá o emprego de 508 policiais militares, fazendo policiamento a pé na areia e patrulhando a área em 147 viaturas e 39 motocicletas. Esse efetivo se juntará aos policiais dos programas Segurança Presente e Bairro Seguro já implantados nessa região da capital do estado.

Planejada de forma articulada com a área de segurança e ordenamento urbano da Prefeitura do Rio de Janeiro, a Operação Verão 2021 na área do Leme ao Pontal contempla ainda o emprego de cavalos do Regimento de Polícia Montada (RPMont) e cães do Batalhão de Ações com Cães (BAC). Esse reforço dará mais efetividade ao policiamento preventivo e ostensivo nas ruas internas dos bairros de Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca. Os policiais do RECOM (Rondas Especiais e Controle de Multidões) também atuarão em áreas específicas.

Toda a área estará sendo monitorada por helicópteros e drones do GAM (Grupamento Aeromóvel), cujas imagens serão transmitidas em tempo real para o carro-comando da Corporação que ficará baseado no Arpoador. As demais praias da capital, como Flamengo, Botafogo e Urca, também estarão com o policiamento reforçado, assim como as orlas de Niterói e das cidades litorâneas do interior do estado.

Também faz parte do planejamento o reforço no patrulhamento das vias expressas por policiais do Batalhão de Policiamento de Vias Expressas (BPVE) e nos corredores estruturais que dão acesso à orla, com emprego das unidades operacionais da área. Ao longo dessas vias, os ônibus que trafegam em direção à orla serão monitorados e poderão ser interceptados caso sejam constatadas ações que coloquem em risco a segurança no transporte público, crime previsto no artigo 262 do Código Penal. Haverá ainda ações nos terminais de ônibus e nas estações do Metrô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 16 =